sábado, 13 de junho de 2020

Nota de protesto

A Associação Comercial de Porto Alegre repudia as medidas adotadas pela Prefeitura Municipal de Porto Alegre, nesta sexta-feira (12/06), que estabelece um novo fechamento para empresas com faturamento acima de R$ 360 mil, a partir da próxima segunda-feira (15). A decisão agravará ainda mais a situação do comércio, que tenta, com muita dificuldade, atenuar os prejuízos da primeira fase de restrição. Além da deliberação para o fechamento do comércio, que desencadeará o fim de diversos estabelecimentos, a prefeitura não faz o menor esforço para minimizar as dificuldades enfrentadas pelos empresários, como, por exemplo, a mitigação de tributos. Entendemos que é fundamental o cumprimento das regras de controle sanitário e a preservação da vida, mas lamentamos profundamente a tomada de decisão sem a apresentação de alternativas para que a cadeia produtiva tenha oportunidade de continuar. A ACPA lamenta ainda pelas empresas que já fecharam definitivamente suas portas, pelas perdas econômicas que tiveram estes empresários e pelas centenas de empregos perdidos. O governo municipal não deixa outra alternativa para as empresas a não ser amargarem prejuízos e ficarem sem condições de pagar salários. Saúde e preservação da vida são prioritárias, mas precisam estar alinhados com a manutenção dos empregos e com a recuperação da economia.

2 comentários:

  1. Esses prefeitos e governadores não sabem lidar com nada. Cada emprego perdido pode levar a mais mortes que o corona vírus. Tem.muita gente cometendo suicídio, e muitos em ter.os sem assistência morrendo a língua. Estão perdidos.

    ResponderExcluir
  2. É INCONCEBÍVEL O GRAU DE TRUCULÊNCIA E ARBITRÁRIEDADE COM QUE A PREFEITURA DE PORTO ALEGRE E O SR.MARQUEZAN, TRATAM OS PEQUENOS EMPRESÁRIOS QUE LABUTAM EM GALERIAS DA CIDADE, COLOCANDO-AS NO MESMO NÍVEL DOS SHOPPINGS CENTERS QUE TÊM MEGA ESTRUTURAS E PODER PARA RESISTIR POR UM TEMPO MAIS DILATADO DE FECHAMENTO. POR OUTRO LADO, ONDE ANDAM NOSSOS VEREADORES ISENTÕES QUE SOMEM NESSA HORA E SÓ DEVERÃO APARECER PARA PEDIR VOTOS NA PRÓXIMA ELEIÇÃO, ESTAREMOS ATENTOS. ESTAMOS DESAMPARADOS A MERCÊ DE UM PREFEITO IMPULSIVO E MAL ASSESSORADO; QUANDO TODO O PAÍS ESTÁ FLEXIBILIZANDO, O CARANGUEJO GAUCHO PUXA A ECONOMIA DO MUNICÍPIO PARA BAIXO.

    ResponderExcluir