sábado, 6 de junho de 2020

Artigo, Eduardo Correia, FSB - Liderança presencial x remota

Desenvolver uma liderança mais conectada, presente, inspiradora e efetiva é fundamental porque acreditamos que as soluções que geram valor ao negócio surgem por meio dos profissionais.
Em tempos de pandemia, de ressignificação das relações e de gestão remota, possuir uma liderança adequada a esse contexto é questão de sobrevivência.
Destaco 4 principais necessidades que o mundo digital nos traz:
1 -Comunicação deve cada vez mais ser segmentada, assertiva e escrita, com disciplina de utilização de canais apropriados para cada fórum.
2 -Integração dos novatos com pitadas institucionais e forte customização nas boas-vindas conforme atividade, desafios e projetos.
3 -Aculturação marcada pela transmissão de mensagens-chave, atitudes e ritos bem marcados, ao invés de baseada apenas no convívio presencial e diário.
4 -Acompanhamento e desenvolvimento de profissionais com conversas mais próximas e frequentes. As avaliações espaçadas e com planos semestrais, precisam dar espaço para retornos e feedbacks mais rápidos e dinâmicos.
O gestor, que já era protagonista, torna-se o elo fundamental. Ele será praticamente o único ponto de contato do profissional com a cultura da empresa.
Caberá a ele minimizar os impactos do distanciamento para evitar uma alienação total do colaborador com o propósito do seu trabalho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário