segunda-feira, 18 de novembro de 2019

Artigo, Fábio Jacques, especial para este blog - Precisamos de Grandes Ideias Mobilizadoras.


As manifestações deste domingo foram uma verdadeira apoteose, levando-me a pensar em tecer algumas considerações sobre o fato em si, extrapolando para outros aspectos de nossa vida normal, inclusive a empresarial.
As ruas se encheram de brasileiros gritando por mudanças.
O mote do momento foi a pressão pelo impeachment de Gilmar Mendes, mas a reboque vieram outras pautas não menos importantes, como o impeachment de vários outros ministros do supremo, talvez uns 10, a prisão em segunda instância, o fim da corrupção, o pacote anticrime de Sérgio Moro ouo apoio às reformas modernizadoras do estado brasileiro.
Subjacente a toda esta grita popular pairava a crença que cada dia mais se consolida, de que o Brasil está caminhando para seu destino como um país decente, próspero, com maiores oportunidades para todos e com um futuro muito mais alvissareiro para nossas futuras gerações. O verdadeiro patriotismo,casado com o orgulho de ser brasileiro, está ressurgindo e se cristalizando como tatuagem nas circunvoluções cerebrais das pessoas. Talvez indelevelmente.
Todos vislumbramos perfeitamente as tortuosidades do caminho riquíssimo em obstáculos a ser percorrido, mas a cada dia que passa, mais pessoas se convencem de que o timoneiro sabe o que está fazendo, que é possível acreditar nas suas decisões e que o barco chegará, com certeza, a um porto seguro. E, portanto, que vale a pena unir forças com ele.
A mensagem daquele deputado do baixo clero que, contra qualquer aposta, conseguiu mobilizar a maioria da população votante, continua a encantar mais e mais pessoas porque tem se mantido escrupulosamente coerente. Foi uma Ideia aglutinadora, Atratora, que começa a se confundir com o próprio emissor. Ele se torna a cada dia mais líder, ou seja, a corporificação da própria Ideia. Mas o que continuamos seguindo são as Ideias e não ele. No dia em que deixar o governo, queremos que a Ideia permaneça.
Ao mesmo tempo recrudescem os ataques daqueles cinco grupos que estão perdendo suas benesses e seu status de todo poderosos inatingíveis pelo braço da lei, quais sejam, os quatro citados pelo próprio Políbio Braga como as bestas do apocalipse: políticos corruptos, empresários corruptores, mídia comprada, magistrados omissos ou coniventes, aos quais acrescento um quinto, não menos importante, que é o ainda grande exército de semoventes zumbis lobotomizados.
Se observarmos atentamente, tudo está se consolidando em torno de duas ideias antagônicas. Uma que mobiliza para as mudanças e outra que prega a perpetuidade do antigo status quo. Uma que seduz por proporcionar a oportunidade de, por nós mesmos, fazermos o nosso próprio futuro e outra que continua tentando nos convencer de que precisamos continuar dependentes daqueles que se julgam no direito de pensar e decidir tudo por nós.
A primeira tem o poder de provocar mudanças radicais. Ela conclama para a ação, para o trabalho, para a luta pelos direitos, para a liberdade e para a auto busca do progresso pessoal. É uma verdadeira Ideia Atratora porque tem o poder de mobilizar pessoas completamente diferentes em torno de um propósito comum. Ela consegue igualar os desiguais. A outra conduz ao marasmo da dependência e ao desânimo pordesacreditar que após tantos anos, o mesmo discurso, que uma vez encantou grande parte da população, mas que na prática se revelou um grande fracasso, possa proporcionar qualquer mudança positiva.
Seja no país, nos grupos sociais, nas famílias, nas igrejas ou nas empresas, pessoas seguirão ideias e se mobilizarão no seu entorno enquanto estas ideias atenderem às suas próprias aspirações.
Estamos vivenciando no país uma Ideia Mobilizadora que arranca as pessoas de sua zona de conforto levando-as às ruas para gritar por mudanças ao mesmo tempo em que se prontificam a se doarem voluntariamente e gratuitamente pela causa.
Como executivo e consultor de empresas na área de Gestão Empresarial, vejo com alegria que cada dia mais empresas estão se empenhando em criar Ideias Atratoras através das quais as pessoas passam a acreditar e a cerrar fileiras com elasaplicando toda a sua energia na realização dos propósitos comuns. E, coincidentemente ou não, muitas destas Ideias se espelham no fenômeno ideológico que começa a tomar conta do país.
Precisamos acreditar que é possível mudar tudo para melhor,que as pessoas podem, com relativa facilidade, aderir a uma Ideia que lhe pareça boa e sincera. Só não vão aceitartraição. Jamais. A recuperação da crença perdidapode se tornar impossível. Vira uma questão de desamor como estamos constatando nas manifestações onde muitos esbravejam contra aqueles nos quais há pouco tempo acreditaram,por cujos ideais lutaram e pelos quais acabaramsendo traídos.
Uma Ideia Atratora exige muita responsabilidade e coerência. Tem que ser cuidadosamente elaborada, mesmo porque estará sempre na berlinda e, assim como pode ser seguida e aclamada, pode cair em descrédito e ser desbaratada. É um passo importantíssimo que deve ser dado com segurança e certeza de que poderá ser mantido até as últimas consequências.
Uma Ideia Atratora é espantosamente motivadora. E recompensadora. Gratificante.
Vale a pena lutar por ela.
O autor é diretor da FJacques - Gestão através de Ideias Atratoras e autor do livro “Quando a empresa se torna azul – O poder das grandes Ideias”.
www.fjacques.com.br -  fabio@fjacques.com.br
Whatsapp: 9725 6254

Um comentário:

  1. A FICHA ATRATORA: "CAIU A FICHA"
    --------------------------------

    AO NATURAL,sem persuasão, amadureceu no povo O momento da percepção de que era a hora, e ele povo saiu do sofá e se transormou em VOZ ATIVA,e meteu medo nos capas pretas e bandidos AINDA empoderados,aprendeu nas vezes anteriores que tinha força, que era uma arma e tinha que usá-la.

    Comparo este momento ao MACACO no filme "2001"de Kuprick, que pega um osso femur,levanta e baixa com força e raiva,esse femur encontra outro em falso e voa alto,o macaco olha para cima, ve o osso caindo, e descobriu a arma, o PORRETE,! Experimentou de novo, funciionou,outros viram imitaram e foram para cima dos OPRESSORES grandões , com ossos e porretes dominando os grandes pela primeira vez .

    O POVO DESCOBRIU E ESTA INAUGURANDO O PORRETE SAIR DO SOFÁ!

    o MAIOR MEDO DOS GOVERNANTES.

    "os quatro citados pelo próprio Políbio Braga como as bestas do apocalipse: políticos corruptos,"

    POLITICOS CORRUPTORES CORRUPTOS CHANTAGISTAS QUE (VOZ ATIVA) CORROMPEM, E CORRUPTOS QUE ACEITAM PROPINA(VOZ PASSIVA)

    "empresários corruptores"

    EMPRESARIOS CORRUPTORES E CORRUPTOS,

    "mídia comprada, magistrados omissos ou coniventes, aos quais acrescento um quinto, não menos importante, que é o ainda grande exército de semoventes zumbis lobotomizados."

    Os zumbis estão em ação com perguntas iguais em varios locais DO PAIS, o que significa coisa combinada,RESSONANTE em todo o pais e cito uma:
    "O QUE VOCE ACHA DO GOVERNO BOLSONARO...?"

    De imediato tenho uma relação copiada do blog do polibio com mais de quarenta, cito umas duas delas para não massacrar,argumento provas,julgamentos e eles estão OUVINDO!

    OUVINDO, OUVINDO ARGUMENTOS, CONVICÇÕES, não estão mortos em cima disso irão contra argumentar e sofismar,pois assim sempre fizeram.

    Falta ao governo MARKETING, divulgar e desdobrar para o homem comum o que elas, as inovações fazem, ou o inimigo vai explicar deturpadamente.explica ou o inimigo explica errado.

    Imagina o que o PT estaria fazendo de carnaval em cima da inflação baixa,taxa de juros reduzida,aumento de emprego,pouca mas notavel desenvoltura economica

    O governo faz como o avestruz, põe um baita ovo,FICA TIMIDO, e ninguém come, DEVE FAZER COMO A GALINHA:a galinha põe um ovinho e fas enorme estardalhaço,propagandeia e todo mundo quer e come.

    DOURAR E TRANSFORMAR AS INOVAÇÕES PARA SEREM "DIGERIDAS" PELO POVO, COMO CONQUISTA DE SUAS AÇÕES!

    ResponderExcluir