segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

Artigo, Marcelo Aiquel - O bolo de fel

     Todos os que são adversários da ideologia comunista sabem bem o que esta “doença” ensina.
      Um dos maiores pregadores do comunismo em todo o mundo foi Vladimir Illitch Lenin. Influenciado pelas teorias criadas por Karl Marx e Friederich Engels (os “pais” do marxismo), o revolucionário soviético Lenin – também conhecido como Lenine –é autor de frases como:

“Precisamos odiar. O ódio é a base do comunismo. As crianças devem ser ensinadas a odiar seus pais se eles não são comunistas.”

“Xingue-os do que você é, acuse-os do que você faz.”

      Com estes sutis exemplos, podemos avaliar como pensam seus seguidores. E o que são capazes de fazer.
      Não é difícil reconhecer e identificar as pessoas que admiram e compartilham destes ideais. Se bem que, entre tantos, conhecemos várias figurinhas carimbadas que se dizem favoráveis às ideias do russo, mas, ao contrário dele, adoram os prazeres do capitalismo.
      Aqueles que vivem como velhos burgueses, mas não abrem mão de uma cínica demagogia para defender esta fracassada ideologia, e foram definidos de maneira soberba por Roberto Campos: (”...são filhos de Marx, frutos de uma relação adúltera com a Coca-Cola...”)
      Sim, porque o Marxismo é frontalmente contra qualquer tipo de capitalismo. A não ser em benefício dos seus líderes, que jamais abrem mão do que chamamos de “bem bom” que o dinheiro pode comprar.
      Aí se enquadra, inclusive, a propriedade privada (dos líderes, por óbvio), tão condenada pela ideologia comunista. A respeito disso, encontramos vários destes “falsos” comunistas no nosso meio político. São os hipócritas que tem um discurso sempre pronto na ponta da língua (discurso de ódio e de preconceitos de classes), mas que não o fazem valer para suas vidas. Ou seja, é a famosa “turma dosMateus”: primeiro os meus!
      Não é por acaso que está sendo exatamente pelo prazer de desfrutar o capitalismo na propriedade privada que o “São” Lula (o sujeito mais honesto do planeta) foi apanhado em contradição. E não adianta contratar advogados para alegar o contrário, pois, contra fatos falecem até os melhores argumentos.
      O grande “problema” destes comunistas se situa exatamente nas suas origens. Geralmente com um histórico familiar de pobreza, ao alcançarem o poder fazem como aquele urso que encontra um pote de mel: logo se lambuza todo.
      Aliás, sobre isto há o ensinamento milenar que diz:

      “Queres conhecer o verdadeiro caráter de um homem? Dê a ele o poder!”

      Ninguém escapa. Até porque a soberba embriaga. Especialmente àquelas pessoas que já tem uma queda pela pinga...
      E é a soberba que denuncia os excessos.
      A falta de respeito advém, principalmente, do sentimento de poder, da impunidade, da sensação de que se está acima do bem e do mal.
      Que só tende a aumentar quando uma claque (interesseira, normalmente) ensandecida passa a endeusar estes líderes, concedendo-lhes sempre a absolvição de qualquer acusação. Afinal, o líder é (ou deveria ser) a pessoa mais correta de todos.
      Que julgamento mais equivocado!
      Mas, é assim mesmo que funciona. O “baba ovo” sempre acha que seu herói (ou heroína – no caso do Brasil de hoje) está acima de qualquer suspeita. Mesmo quando o óbvio surge diante dos seus narizes. A “culpa” sempre é dos outros...
      E os surrados discursos de auto endeusamento?
      Bom, estes vem diretamente das lições de Lenin: “xingue-os do que você é, acuse-os do que você faz”
      Simples assim.
      Junte a esta receita uma boa dose de louvação pela (parcial, e muitas vezes comprada) imprensa; uns vários (iludidos ou cegos) baba ovos; e muitos (sempre interessados, mesmo indiretamente) defensores.
      Está feito o bolo.
      Será um BOLO DE FEL, mas um bolo.
      Coma quem gostar. Não é o meu caso!


      Marcelo Aiquel - advogado

Um comentário:

  1. Falou Tudo.
    Isso é o resultado do comunismo.
    Baba ovos q depois ficarao sem nada , uma vez q o comunismo acaba com tudo.
    Alias , acabara tambem com os baba ovos.
    é so ver a Historia de Stalin (O Tirano Vermelho).

    ResponderExcluir