sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

Artigo, Edilberto Carvalho - Não sejamos hipócritas no caso da morte de Marisa Letícia

Não estamos felizes pela morte de Marisa Leticia, mulher de Lula. A morte sempre é uma tragédia. Porém não somos hipócritas. Marisa Letícia viveu uma vida de crimes. Foi a fiel comparsa de Lula, o maior bandido da história do Brasil. Usufruiu do melhor que o dinheiro pode comprar, dinheiro roubado que poderia ter salvo milhões de vidas se fosse bem aplicado nos hospitais públicos. Infelizmente Marisa não foi alcançada pela Justiça. Não pagou por seus delitos. Viveu e morreu no luxo, em um dos hospitais mais caros do país e nem gastou para isso. Todos os custos de marisa no Sirio Libanes foram custeados pelo povo brasileiro pois o governo Federal banca todas as despesas de Presidentes, vices, Senadores, Deputados Federais e de seus familiares nesse hospital,mesmo apos o fim dos mandatos. Ou seja, Marisa ja era rica,dinheiro fruto de roubo e morte de milhões de brasileiros, e ainda se internou no melhor hospital do Brasil com o nosso dinheiro. 

Morreu em cama quente ao lado dos melhores médicos do Brasil. 

Enquanto isso trabalhadores honestos morrem no chão gelado dos hospitais públicos sem qualquer tipo de atendimento digno. 

Não vamos endeusar bandido aqui. A morte não transforma ninguém em santo. Agora que pague o que deve do outro lado, pois se a justiça dos homens e falha, a justiça de Deus e implacável. Uma a menos para roubar o sofrido povo brasileiro.

5 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. este comentário resumiu muito bem o que a maioria silenciosa deste País, pensa a respeito, parabéns

    ResponderExcluir
  3. Boa tarde a todos,

    Parabéns ao Edilberto Carvalho(infelizmente não o localizei na internet?)

    O seu comentário reflete e muito bem, o que apesar da dor da perda de um ser humano que todos nós sentimos, o nosso inconformismo com o que estes Petistas Comunistas fizeram com o Brasil, destruindo principalmente a nossa Macro Economia, e tudo isto ainda aliado ao roubo do dinheiro dos nossos impostos!

    Will William
    Jacareí, SP

    ResponderExcluir
  4. Meu amigo, já que você falou em "Justiça Implacável de Deus" imagino que você deva acreditar nele e posso lhe assegurar que tão implacável quanto a Justiça de Deus são seu Amor, Graça e Misericórdia e é isso o que Ele quer sempre irá pedir de nós também.
    Você tem toda razão, a hora da morte não é momento pra endeusar ou "beatificar" ninguém, mas é também o pior momento pra esse tipo de comentário embora reconheça o quanto é justa sua indignação e inceramente compartilho dela. Mas entendo que seria de uma grandeza de espírito humano lembrar que, a despeito de todo sofrimento por que passam milhões de brasileiros, existem aqui pessoas envolvidas (filhos, netos, marido), que perderam um ente-querido. Se vamos colocar Deus como "parceiro" nessa nossa "sede de Justiça" desejando que ela "pague tudo que deve do outro lado" devemos lembrar que o que Jesus realmente gostaria de ter dito a Marisa na hora da morte dela é o mesmo que ele disse para o ladrão na cruz.. "hoje mesmo estarás comigo no paraíso"
    Espero sinceramente que ela tenha se arrependido em tempo de seus pecados e confessado a Jesus como Senhor e Salvador..
    Para concluir fico imaginando que se Jesus fosse nos medir com a mesma régua justiceira com que medimos as pessoas, (quaisquer que tenham sido os seus erros), ninguém escaparia porque, segundo Ele "todos nós pecaram e destituídos estão da glória de Deus". Vamos sim (em momento mais oportuno) voltar a cobrar do Sr Lula da Silva, de seus filhos e comparsas, por todos os crimes cometidos; não podemos jamais perder a capacidade de nos indignar contra o que tá errado, contra o crime e a injustiça que impera nesse pais.. Só lembrando que há tempo certo para todas as coisas.

    ResponderExcluir
  5. Boa tarde à todos!
    Peço licença ao amigo Unknown, para dizer que compactuo de sua opinião, em gênero número e grau!
    Particularmente, penso que a vontade de Deus, por Ele ser Amor, é que a salvação aconteça para todos,seus filhos mediante o arrependimento de seus pecados.É possivel que ainda enquanto enferma,no seu estado de lucidez,a Sra. Mariza,teve tenho suficiente para conversar com Deus e acertar-se com Ele.
    Jesus disse naquela passagem do evangelho onde algumas pessoas queriam apedrejar a mulher adultera: " Quem não tiver pecado, que atire a primeira pedra."
    Que ela esteja em paz,como for da vontade de Deus!
    Que no momento da passagem de qualquer pessoa seja assim : A vontade de Deus, porque,ELE é AMOR. Quem não crê que Deus não é amor, ainda não o conheceu, não o conhece.

    ResponderExcluir