quarta-feira, 31 de maio de 2017

SERVIDOR É PARA SERVIR. Adão Paiani*

SERVIDOR É PARA SERVIR.

Adão Paiani*

Quem exerce um cargo eletivo é um servidor público. Assim como os concursados, passa por um processo seletivo que, em tese, deveria escolher dentre os melhores e mais aptos para o que mesmo? Servir ao público! Daí o "Servidor". Infelizmente não é o que acontece na maioria das vezes.

Exatamente por isso é tão oportuna  a recente manifestação do Danilo Gentili,  motivada pelo seu último imbróglio com a Deputada Maria do Rosário (PT/RS), que de tão óbvia é  lapidar: de que os servidores públicos estão aí para nos  servir, e não nós  a eles.

Prefeitos, Vereadores,  Deputados, Senadores, Governadores e Presidente da República não estão lá para nos  dizer o que fazer. Nós é que devemos dizer o que eles devem fazer ou não. Eles são o veículo, nós os condutores, e não o contrário. 

Eu próprio sou réu numa ação que me foi movida por uma certa ex-governadora que ficou "magoada" com algumas declarações públicas minhas que, posteriormente, se comprovaram verdadeiras. Minha defesa está sendo provar que o que falei era verdade.

Num país onde as coisas estivessem nos seus devidos lugares, e os postes não tivessem o hábito de mijarem nos cachorros, um cidadão responder a uma ação dessas seria inconcebível, pelo simples fato de um agente público não poder ser imune a críticas e manifestações de quem paga o seu salário, ou seja, nós, os pagadores de impostos. Mesmo que essas criticas possam ser, eventualmente, injustas.

Quem não entende isso, não serve para ser "Servidor Público". Então peça as contas e vá procurar outra atividade.

Enquanto não colocarmos as coisas nos seus lugares devidos, os maus servidores públicos, eleitos ou concursados, continuarão se achando os donos do que nos pertence, fazendo o que bem entendem, e o país continuará na merda em que está.

Ou deixamos de lado essa herança cultural ibérica de considerarmos os servidores públicos senhores da nação e dos nossos destinos, ou continuaremos a ver subvertida a ordem natural das coisas, com a carroça conduzindo os bois.


*Advogado em Brasilia/DF.adão Paiani -Servidor é para servir

Nenhum comentário:

Postar um comentário