terça-feira, 3 de setembro de 2019

Começou Setembro Verde (doação de órgãos) em Porto Alegre


A edição 2019 do Setembro Verde, pela doação de órgãos, foi lançada na tarde desta segunda-feira, 2, no Salão Nobre do Paço Municipal. Neste ano, a Prefeitura de Porto Alegre é parceira da ONG Viavida Pró-Doações e Transplantes, que há 19 anos organiza a campanha de conscientização e divulgação para reduzir a lista de espera por um transplante. Entre as ações previstas para o mês está uma exposição de fotos no saguão do Paço Municipal, montada em parceria com o Hospital São Lucas da PUCRS. 
Presente no evento, que contou com apresentação do músico Ernesto Fagundes, o prefeito Nelson Marchezan Júnior agradeceu a oportunidade da prefeitura participar da ação este ano. “É importante a conscientização de todos nós, entender e efetivamente sensibilizar as pessoas a participarem da campanha de doação de órgãos”, afirma o prefeito.  Para a primeira dama Tainá Vidal, o assunto deve ser tratado com naturalidade para que possa salvar mais vidas. “Conheci mais de perto o trabalho da ONG e estou emocionada”, diz Tainá.
Além da exposição dos 15 banners, a prefeitura também se integra à campanha com outras iniciativas. Todos os 140 postos de saúde e 300 ônibus terão cartazes para divulgar o assunto. Serão realizados encontros com os alunos das unidades de esportes da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Esporte (SMDSE) e ações na central de captação de órgãos do Hospital de Pronto-Socorro (HPS). “Esta é uma campanha nobre, uma questão de vida, na qual todas as secretarias e órgãos municipais devem se mobilizar”, destaca a titular da SMDSE Comandante Nádia, lembrando que uma pessoa pode salvar oito vidas.
O secretário municipal de Saúde, Pablo Stürmer, explica que Porto Alegre conta com hospitais de referência em transplantes, mas que ainda há muito a ser feito, principalmente para esclarecer o assunto junto à sociedade. “Mais de 40% das mortes encefálicas não evoluem para doação. É preciso uma ação de cidadania no qual todos estejam engajados. Maria Lúcia Kruel Elbern, presidente da ONG Viavida, lembra que existem mais de 1,5 mil pacientes aguardando por um transplante no Estado. No Brasil, são cerca de 30 mil. “Há pessoas que morrem na fila. Por isso, é fundamental se declarar doador e informar a família do desejo”, completa ela, agradecendo a parceria com o município. O Dia Nacional da Doação de Órgãos é celebrado em 27 de setembro.
Também participaram do evento os secretários municipais de Transparência e Controladoria, Luciane Rache; de Comunicação, Orestes de Andrade Jr.; presidente do Conselho da ONG Via Vida, Clódis Xavier; equipe de voluntários da ONG Via Vida; representante do Hospital Moinhos de Vento e líder do projeto Donors - Estratégias para otimizar a assistência aos potenciais doadores de órgãos, Caroline Robinson; administrador hospitalar e presidente da Associação dos Moradores da Bela Vista, Mont’Serrat e Boa Vista (Amobela), Luiz Felipe Ranzolin Irigaray; o presidente do Conselho da Federação Israelita do RS, Zalmir Chwartzmann, entre outros convidados e representantes de instituições.
Programação:
02 a 15/09 - Exposição de fotos no saguão do Paço Municipal
05/09 - Tour Gastronômico VIAVIDA no restaurante Chimi
14/09- Participação com divulgação no projeto Bairro em Ação da SMDSE, no bairro Chapéu do Sol e teatrinho da Tartaruguinha
25/09 - Arena - jogo Grêmio x Avaí - passagem de faixa no intervalo do jogo e mensagem no telão
26/09 - Tour Gastronômico VIAVIDA na Churrascaria Barranco
27/09 - Panfletagem sobre doação de órgãos em duas portarias de pedestres do Shopping Iguatemi
28/09 -   Contação de história - Livro da Tartaruguinha - na  Feira de Troca de Livros na Biblioteca Josué Guimarães - Centro Municipal de Cultura - 10h às 17h
29/09 - VIII Pedalando pela Vida - saída no Parque Farroupilha

Nenhum comentário:

Postar um comentário