domingo, 4 de dezembro de 2016

Marcelo Aiquel - Um prefeito de verdade

UM PREFEITO DE VERDADE

      Assistindo as emocionantes homenagens às vítimas do terrível acidente aéreo que dizimou a equipe da Chapecoense, tive a oportunidade de confirmar a excelente imagem que construí durante toda a semana, através das dezenas de reportagens nas TVs, do Prefeito de Chapecó, Luciano Buligon.
      Ele, que escapou de morrer por obra de Deus (quando milagrosamente o tirou do voo), não fugiu da sua responsabilidade, ficou à frente dos trabalhos de resgate na Colômbia, enfrentou com muita humildade a chuva neste sábado, e – SEM USAR DE OPORTUNISMO – fez um discurso brilhante nas cerimônias fúnebres dos atletas e dirigentes do time catarinense.
      Mostrando ao país que ainda existem políticos sinceros, não economizou lágrimas (que não eram de crocodilo) e portou-se com uma nobreza espetacular em todos os momentos.
      Independente do partido que representa, este Prefeito é nota 10.
      Enquanto isso, com o Brasil e a Colômbiainteiros engajados até a alma na solidariedade às vítimas e seus familiares, não se soube de um só movimento de pesar do governo da Bolívia, terra da companhia aérea que causou o criminoso acidente.
      Ao que parece o índio Evo Morales (amigo íntimo do Lula) não se “tocou” com a tragédia e, pressionado pela mídia, resolveu fazer de conta que seu governo vai tomar providências. Que nunca antes tomou!
      Além disso, não havia um só representante do cocaleiro boliviano nas comoventes homenagens, como se a Bolívia ignorasse totalmente a desgraça dos irmãos sul americanos.

      Nada a estranhar nesta atitude CANALHA do chefe do governo boliviano, eis que o mesmo somente “bota a cara” quando é para defender o projeto bolivariano do foro de SP.

Nenhum comentário:

Postar um comentário