terça-feira, 2 de maio de 2017

O Que Me Preocupa Com Temer

O Que Me Preocupa Com Temer
Um país que não consegue identificar seus problemas jamais conseguirá achar as soluções.
O maior problema que irá travar o crescimento necessário para empregar 22 milhões em 2017 e assim evitar um populista de extrema esquerda em 2018, é nossa falta crônica de capital de giro.
Desde a minha primeira análise das maiores empresas, em 1974, essa falta era evidente.
Capital de giro é o lubrificante da produção, e nunca o tivemos.
O BNDEs só se preocupa com Capital "Produtivo", infraestrutura e máquinas.
Mas só isso não resolve.
É necessário investir em estoque de matérias primas, estoques em processo, estoques de produtos acabados, financiamento do atacado e do varejo, assuntos sequer tratados nos livros de Introdução à Economia.
E na recessão econômica, causada pela Matriz Econômica, as empresas consumiram o pouco de Giro que tinham.
Foi assim que sobreviveram o desastre Dilma.
Um cliente salda R$ 1 milhão de uma compra passada, mas não renova a compra.
Sua empresa fica R$ 1 milhão mais rica, e não mais pobre, apesar da recessão.
E é esse R$ 1 milhão que se usa para pagar funcionários ociosos, juros, etc.
Até 2017, esse R$ 1 milhão virará R$ 200.000,00 e a empresa não vai crescer em 2017, por falta de capital de giro.
Só que graças aos economistas Pedro Malan, Armínio Fraga e os tucanos, hoje temos somente 2 Bancos para fazer esse tipo de empréstimo.
E eu diria, apesar de ser contestado, que esses Bancos esqueceram como se empresta capital de giro, fora o desconto de duplicata.
Mesmo que se crie um Plano Governamental do Giro, os Bancos perderam seu know how, até venderam a Serasa, e até 2017 não conseguirão treinar muita gente.
Ou seja, se esse problema de mais de 50 anos não é sequer reconhecido, não será em 2016 que ele será resolvido.
Haja visto.
Ciro Gomes, Marina, ou alguém parecido em 2018, é bolsa 36.000 pontos.
A Empiricus que me perdoe.
Chegar a 100.000 difícil, se nem percebemos os problemas que precisamos resolver será difícil.

Administração Responsável Das Nações.

Nenhum comentário:

Postar um comentário