quinta-feira, 18 de agosto de 2016

Melo terá cerca de 40% do tempo total de TV e rádio na campanha

Nove candidatos disputam o voto dos eleitores para a prefeitura de Porto Alegre nas eleições do dia 2 de outubro. Este é o primeiro pleito que ocorre após a aprovação da reforma eleitoral de 2015, que implica em mudanças, como o fim do financiamento empresarial e a redução da duração da campanha. Outra alteração diz respeito ao tempo de propaganda em rádio e televisão.

A definição oficial da distribuição cronológica dos programas na Capital será oficializada hoje pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE), às 9h.

A aliança de Sebastião Melo (PMDB), que reúne 14 partidos, ficará com a maior fatia de tempo: aproximadamente 3 minutos e 47 segundos. Isso representa cerca de 40% do total e uma diferença de quase um minuto e meio em relação ao segundo candidato com maior tempo, Nelson Marchezan Júnior (PSDB) que terá 1 minutos e 51 segundos. Na sequência vem Maurício Dziedricki (PTB), com 1 minuto e 47 segundos de mídia e Raul Pont (PT), com 1 minuto e 33 segundos. 

Cinco candidatos terão 20 segundos ou menos cada para apresentar suas propostas em rádio e televisão. Marcello Chiodo (PV), Luciana Genro (PSOL), João Carlos Rodrigues (PMN), Fábio Ostermann (PSL) e Julio Flores, (PSTU).

Nenhum comentário:

Postar um comentário