segunda-feira, 10 de outubro de 2016

Análise, Glauco Fonseca - Das luvas de pelíca às luvas de boxe

Foi na segunda-feira, 14h30, direto do auditório do Sescon-RS.
No centro, o tarimbado árbitro Felipe Vieira.
No corner esquerdo, calção azul, pesando cerca de 80 quilos e espumando pelos poros, Nelson Marchezan Junior.
No canto oposto, de Goiás para o mundo, de calções avermelhados, Sebastião Melo. Mesmo peso, mais velho e tranquilo e com aqueles irritantes perdigotos prisioneiros nos cantos da boca.

Vai começar o show.

Primeiros movimentos mais prudentes de ambas as partes. Ambos dizem coisas com pouco sentido, preparando-se para a rinha que se aproximaria já no round seguinte, de perguntas diretas e respostas cada vez mais indiretas. Marchezan não esperava reações agressivas de Melo e as teve. Melo foi mais contundente nos golpes a Marchezan, que os acusou, sim senhor. Depois de golpes violentos, cruzados de esquerda (Melo não é bom de jabs de direita...), o pemedebista acerta uma frase que deixou Marchezan furioso.

- Não tenho raiva do Fortunati, mas estou ficando com um pouquinho de raiva de ti...

Oooohhhhhh!

Marchezan com raiva? Injustiça...

- Então te acalma, Sebastião.

Na hora lembrei da música dos Titãs “O mundo é bão, Sebastião”. O golpe iracundo de Sebastião lá pelos 45 minutos do debate deixou Marchezan levemente tonto. Foi o famoso “Efeito Yeda”.

Lembrei de contar um pouquinho do debate em tom de luta de boxe por que, de fato, o pugilato verbal será mais presente daqui pra diante. Melo cansou de receber golpes diretos de Marchezan de todas as formas. Mudou o tom da resposta, a intensidade. Melo resolveu sair do corner e partir pra cima. Quem diria, hein Sebastião....

Nada se pode dizer sobre o que virá pela frente nos debates e, em seguida, no pleito.
Sebastião Melo decidiu que não ganhará senão abandonar a zona de conforto. Já Marchezan, nosso conhecido, está no limite de sua fidalguia e poderá errar a mão se for ainda mais agressivo.

Somente uma coisa pode ser dita: Vai vencer esta eleição aquele que menos medo tiver de perde-la.


O guichê de apostas teve a fila aumentada hoje.

4 comentários:

  1. Perfeito, Glauco. O mais engraçado é que, sem combinarmos, nós dois falamos em ringue...

    ResponderExcluir
  2. Perfeito, Glauco. O mais engraçado é que, sem combinarmos, nós dois falamos em ringue...

    ResponderExcluir
  3. Chega desta velharia de petistas e ex petistas no governo. Tarso,Fortunati,Melo..... Tudo lixo. Marchesan neles.

    ResponderExcluir
  4. Chega desta velharia de petistas e ex petistas no governo. Tarso,Fortunati,Melo..... Tudo lixo. Marchesan neles.

    ResponderExcluir