quinta-feira, 1 de junho de 2017

Anton Karl Biedermann- Zé: Volta rápido para onde estavas que é o teu lugar

José Dirceu ex-ministro da Casa Civil no governo Lula, condenado em primeira instância a 33 anos de prisão, escreveu hoje um artigo na Folha de São Paulo, que prima pela desfaçatez, pela mentira e pela incitação ao povo brasileiro. Não é possível transcreve-lo no todo mas vou fazê-lo, em alguns trechos entre aspas, mais dignos de observação, com um rápido comentário meu:
"A única solução razoável, antes como agora, é uma catarse,uma revolução política, econômica, social e cultural.Não é posível um acordo com quem rasgou o pacto constitucional de 1988 e atropelou a soberania popular"
Só faltou a palavra "armada".
"A coalizão golpista deu origem a um governo abarrotado de históricos corruptos".
Logo quem falando. E onde estavam esses corruptos nos governos Lula e Dilma? Certamente, fazendo história.
"Assalta-se a renda do trabalho para garantir o pagamento de juros exorbitantes, a ampliação da taxa de lucro das grandes corporações e a retomada dos fundos públicos pelas camadas mais ricas".
Nos governos Lula e Dilma quanto foram os juros pagos? E o foram para poderem tomar empréstimos necessários ao financiamento do déficit ´publico por eles provocado. Quanto ao lucro das corporações que o digam a JBS e muitos outros. Por sua vez, administração dos fundos publicos nos governos do PT já está sendo alvo de muitas investigações e aguardem só o que ainda virá por aí.
"Não há espaço para conciliação. É necessário, para o bem estar social do país, dar um fim à armadilha de uma falsa harmonia nacional e um ludibrioso salvacionismo contra a corrupção".
Conciliação nunca. Ódio sempre.
"Podemos até vencer (referindo-se às futuras eleições), mas sem ilusões: sob quaisquer circunstâncias, nosso norte é o avanço no rumo de uma revolução política e social, DEMOCRÁTICA (o grifo é meu)."
Como gostam da palavra democracia. Os países mais autoritários da história adoram a palavra. Exemplo maior: RDA -República Democrática Alemã.
"Pela força das ruas, se nossas elites continuarem de costas para a nação"
Quem saqueou e faliu esta Nação? Quantos desempregados eles gerararam? Quantas pessoas morreram ou sofrem com o descalabro do sistema de saúde?

Zé: Volta rápido para onde estavas que é o teu lugar.

3 comentários:

  1. A Folha de são Paulo aceita qualquer pilantra
    Já comprei; não compro mais

    ResponderExcluir
  2. Muito me admira um jornal tido como sério publicar matéria de PRESIDIÁRIO. Só falta agora darem a palavra ao Marcola !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Telma, a Folha de São Paulo nem mais é considerada um jornal sério. Mais surpreendente do que eles publicarem um artigo do presidiário é o stf liberar este delinquente.

      Excluir