sexta-feira, 16 de junho de 2017

Artigo, Carlos Fernando dos Santos Lima, procurador da Lava Jato

Artigo, Carlos Fernando dos Santos Lima, procurador da Lava Jato 

"Amigos,
a operação lava jato começou ostensivamente em março de 2014. Fui convidado a participar das investigações pelo Dr. Deltan Dallagnol, com o respaldo do Procurador Geral da República Dr. Rodrigo Janot.
Nesses mais de três anos desvendamos com o apoio da Polícia Federal e da Receita Federal diversas organizações criminosas, tanto empresariais, quanto político-partidárias, que vêm sugando a vitalidade dos cidadãos brasileiros.
Esses esquemas criminosos nos vampirizam, por um lado, pela corrupção, que corrói nossa economia e irriga os cofres de partidos políticos, políticos e funcionários públicos, e por outro lado, pelo benefício ilegal a empresas, seus proprietários e executivos em contratos públicos.
Apesar do sucesso das investigações até o momento, sempre soubemos o tamanho das forças contrárias que enfrentaríamos. Nunca fomos ingênuos a esse respeito. Por sorte pudemos contar com o apoio de pessoas de bem.
Infelizmente, entretanto, algumas das pessoas que nos apoiavam o fizeram por motivos mesquinhos ou ingênuos. Os primeiros queriam apenas substituir um partido pelo seu próprio partido, sem qualquer pretensão de buscar o bem comum. Já os segundos acreditavam que todo mal estava no governo do PT. Ledo engano.
A verdade é que estamos mergulhados em uma crise de um sistema político - partidário corrupto, que usa, independentemente do partido, de todos os meios ilícitos para sobreviver.
Esse sistema corrupto continua no atual governo. Não sejamos ingênuos ou, pior, cegos por não desejarmos ver a verdade. A atual luta não é esquerda contra direita, nem ricos contra pobres. É aqueles que desejam um país honesto com seu povo, limpo de toda essa abominável sujeira, contra aqueles que se beneficiaram da corrupção para alcançarem poder e dinheiro à custa do trabalho duro de todos os brasileiros.
Dessa forma, quero reiterar a todos a confiança que tenho nos trabalhos da equipe do Procurador Geral da República Dr. Rodrigo Janot, pois sei da seriedade de todos os seus esforços para que seja alcançado o mesmo objetivo de termos um país melhor.
Esse é o meu testemunho. E o faço livremente na esperança que as pessoas que o leiam possam acreditar nas minhas palavras. Não tenho compromisso algum com quem quer que seja, salvo com meu compromisso , que também foi o de meu pai e é de meus irmãos, de sermos servidores públicos e promotores de justiça.

Carlos Fernando dos Santos Lima, cidadão.

Um comentário:

  1. Todo o mal pode não estar no pt, mas a parte que cabe á ele tomou conta do Estado de maneira avassaladora e o prejuízo causado à Nação é infinitamente superior ao que possa ter sido causado pela soma de todos os outros partidos envolvidos nos crimes. O pt ficou quase 14 anos no poder dilapidando o patrimonio público, enganando, mentindo e roubando. O que esse partido fez vai demorar anos para ser desfeito. O pt praticamente destruiu o País. A luta parte do princípio que lula deve ser preso e o pt extinto. Parte da cúpula do pt foi condenada mas não está presa, assim como aconteceu no mensalão. Ingenuidade é pensar que o que o pt fez e continua fazendo tem a mesma medida e o mesmo peso do que os outros fizeram. O pt e seus criminosos continuam inpunes.

    A atual luta é direita contra esquerda, sim senhor ! É uma luta da democracia e da liberdade contra o socialismo. Essa conversa de apelar para um conceito de moralidade absoluta não cola. Somos pessoas de bem, independente do seu pensamento. Desejar um "país honesto" é apenas retórica, não significa absolutamente nada. Temos que desejar que as pessoas que integram as instituições que legislam, julgam e administram o país cumpram as leis sem malabarismos. Eles devem se orientar pelos anseios da população, e não o contrário, como tem sido feitos nesses anos todos. A luta é muito mais complexa do que somente tirar os corruptos da vida pública. Trata-se sim, de uma guerra contra o socialismo, contra a tentativa de bolivarianização do Brasil. Cada ato impensado pode trazer consequencias terriveis para o futuro do País. Tem que existir prioridades. O criminoso lula et caterva continuam soltos. Tem-se uma clara distinção entre a Lava Jato de Curitiba e a de Brasília. Tem-se a clara interferencia do STF e do PGR a favor dos criminosos petistas e a tentativa desesperada de equivaler os crimes dos diversos partidos e atores.

    Podemos ter ficado calados muito tempo, mais do que deveríamos. Mas isso acabou. Não somos ingênuos, muito menos cegos.

    https://groups.google.com/forum/#!topic/orfaos-dos-antas/UI8ZyX33azI

    ResponderExcluir