terça-feira, 1 de agosto de 2017

Saiba por que razão o Copom cortou os juros básicos

Após a decisão anunciada na semana passada, de cortar a Selic em 1 ponto percentual, a Ata do Copom, divulgada há pouco, trouxe esclarecimentos adicionais. O comitê levou em conta, por exemplo, os fundamentos macroeconômicos, com destaque para o processo de estabilização da economia brasileira, o cenário externo favorável e a desinflação difundida, inclusive nos componentes mais sensíveis ao ciclo econômico

Leia o que escreveram esta manhã os economistas do Bradesco:

O relatório esclareceu que na revisão das projeções de inflação, para 3,6% em 2017 e 4,3% em 2018 no cenário de mercado, foram consideradas estimativas de alta dos preços administrados de 6,6% em 2017 e de 5,3% em 2018. 

A revisão das estimativas para os preços administrados levou em consideração o aumento de impostos sobre a gasolina e o impacto da mudança bandeira tarifária no custo da energia elétrica. Sobre esses impactos destacou que são pontuais e que não tem implicação relevante para a condução da política monetária

Sobre a decisão de sinalizar um corte de mesma magnitude na próxima reunião, a ata explicita que os membros consideraram as projeções de inflação e de atividade, as estimativas de extensão e o estágio atual do ciclo e os riscos em torno do cenário e dessas estimativas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário