quarta-feira, 11 de abril de 2018

Artigo, Marcelo Aiquel - Quantos crimes ?

        Apesar de ser um advogado atuante há mais de 40 anos, raras foram as minhas intromissões na área do direito criminal, razão pela qual “me curvo” à expertise dos meus nobres colegas criminalistas, a quem faço uma pergunta bem objetiva e direta: Quantos crimes podem ser contabilizados no discurso (recheado de ódio) do ex-presidente Lula da Silva, sábado último em S. Bernardo do Campo?
         Ele, que já responde a vários outros processos, cometeu – no mínimo, ao meu entendimento – alguns crimes previstos na Lei Penal.
         Seja de desobediência civil, seja de incitamento à violência, me parece – data vênia – que, ao menos, uma agressão à lei, houve.
         Será que vamos conviver com esta “enxurrada” de ódio e ameaças de vingança, proferidas pelo condenado e seus lambe botas, com omissão das autoridades?
         Falando em omissão, comete crime também quem permite que se façam ameaças públicas a quem quer que seja, sob seu patrocínio.
          Assim, o “falso malandro” deverá responder por mais crimes.
         Mas, deixem, porque o “falso malandro” tem bastante bala na agulha (= R$$$) para contratar caros advogados – sem contar aqueles que o defendem de graça, pois estão enroladíssimos nas falcatruas do ex-presidente.
         Afinal, dinheiro é o que não falta para o PT. Que “mostrou os fundilhos”, mas continua apresentando as justificativas mais pueris para alegar inocência

Nenhum comentário:

Postar um comentário