terça-feira, 28 de maio de 2019

Bens de capital

A receita líquida total da indústria de bens de capital mecânicos do País atingiu R$ 6,7 bilhões em abril último, num crescimento de 2,4% em relação a março e de 4,3% na comparação com igual mês de 2018. 

Diferentemente dos últimos meses, o bom desempenho do mês de abril veio das exportações.
          
O balanço foi apresentado nesta terça-feira pela Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (ABIMAQ) e, segundo a entidade, apesar do resultado positivo, os dados do ano de 2019 (janeiro-abril) apontam para uma desaceleração do crescimento, que passou de 6,3% em março para 5,8% em abril.Esse resultado mais fraco teve relação, nestes últimos dois meses, com o encolhimento nos investimentos no mercado brasileiro (-8,7% em março e -18% em abril).A entidade avalia que o ano de 2019 vem marcado por comportamentos mensais atípicos, como reflexo das mudanças ocorridas nos cenários nacional e internacional.
          
Em relação ao período pré-crise, ainda que o setor tenha registrado relativa melhora, observa-se uma queda de quase 40% na sua receita líquida de vendas.
         
A ABIMAQ conclui que o desempenho observado até agora indica para o ano de 2019 uma tendência de crescimento do setor mas provavelmente bem abaixo do verificado em 2018, que foi de 7,2%.

Nenhum comentário:

Postar um comentário