quinta-feira, 2 de maio de 2019

Prefeito de Minas do Leão, RS, é o novo presidente da associação dos prefeitos da região do carvão. Ele defende a implantação do Polo Carboquímico.

O prefeito de Minas do Leão, Miguel Almeida (PP), tomou posse como presidente da Associação dos Municípios da Região Carbonífera (Asmurc) nesta sexta-feira. Almeida sucedeu o prefeito de General Câmara, Helton Barreto (PP). 

Para o novo presidente, o foco da Associação estará voltado, principalmente, às questões que envolvem a BR-290 e o Polo Carboquímico:

- São prioridades que trataremos com os governos federal e estadual, bancadas parlamentares e entidades representativas e regionalizadas”, diz o prefeito. A posse contou com a presença do presidente da Confederação Nacional de Municípios (CNM), Glademir Aroldi.

Com o lançamento do Plano Carboquímico do Rio Grande do Sul, liderado pelo governo do Estado, a postura da Asmurc é apoiar o desenvolvimento de técnicas modernas de extração. A atividade está sendo retomada na região, consolidando-se como alternativa economicamente viável e ambientalmente responsável. 

“Temos grandes reservas que poderão ser, finalmente, potencializadas. A população local traz, dentro de si, a esperança de que as minas voltem a ser exploradas e que o carvão seja fonte de energia competitiva, oportunizando emprego e renda. Seremos parceiros para quem, com responsabilidade, quiser contribuir para o tão sonhado desenvolvimento econômico pela extração”, ressalta Almeida.

Outra prioridade para a gestão passa pela duplicação da BR-290. As obras nos 115,7 quilômetros da rodovia – entre Eldorado do Sul e Pantano Grande – não chegaram a 20% de conclusão desde o início, em 2015.

Há 30 anos em atividade, a Asmurc é formada pelos municípios de Arroio dos Ratos, Barão do Triunfo, Butiá, Charqueadas, General Câmara, Minas do Leão, São Jerônimo e Triunfo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário