sexta-feira, 9 de abril de 2021

Crônica de sexta-feira - Palco, por Vitor Bertini

Júlia pula, corre e rodopia.
– Esta menina não se entrega.
– Filha, agora para.
Júlia ouve e não sossega.
– Mãe? Não enxerga.
– Minha filha, hora da cama!
Júlia acorda, sorri, pula, corre e rodopia.
– Mostra os desenhos, vai que acalma.
– Filha, olha que lindos!
Júlia olha, diz que sim - e não para.
– Na escola vai acalmar-se.
– Tomara!
Do uniforme, Júlia adora a saia.
– Moleca, dá um abraço, vem.
Júlia abre os braços, corre e se deixa abraçar. Elevada por mãos fortes, na entrada da sala de aula, sente a vida rodar.

CLIQUE AQUI para seguir a leitura.

Nenhum comentário:

Postar um comentário