quarta-feira, 19 de maio de 2021

Justiça dobra multa sobre Simpa. Multa, agora, é de R$ 100 mil por dia. Greve de professoresé ilegal em Porto Alegre.

De acordo com dados da Smed, das 309 escolas da rede municipal de ensino, 16 seguem fechadas e 14 não prestaram informações ao órgão sobre a abertura ou não. Cerca de 12 mil estudantes retornaram às aulas presenciais. 

O Tribunal de Justiça do RS atendeu pedido da Procuradoria-Geral do Município (PGM) e majorou a multa diária ao Sindicato dos Municipários de Porto Alegre (Simpa) de R$ 50 mil para R$100 mil por descumprimento da decisão que julgou a greve dos servidores da educação ilegal e determinou a volta ao trabalho. A decisão, do final da manhã desta quarta-feira,  foi do desembargador Francesco Conti, da 4ª Câmara Cível do TJ. 

O TJRS reconheceu a  retomada com segurança as aulas presenciais e a ilegitimidade do movimento grevista. 

Os trabalhadores da educação deflagraram greve por tempo indeterminado desde o dia 7 de maio. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário