quarta-feira, 1 de junho de 2016

Artigo, Astor Wartchow - Basta de anarquia !

Basta de anarquia!
Astor Wartchow
Advogado-OABRS 25837

 Diz o ditado popular que "há um tempo para tudo".  Nos últimos trinta anos,  nossa nação superou vários obstáculos institucionais históricos. É verdade, continuamos com graves problemas em várias áreas de interesse público e social, notadamente em educação, saúde e segurança. Frutos de nossa incompetência e desorganização. 
 Todavia, gozamos hoje a plenitude da liberdade de expressão e organização. As principais instituições estão voltadas ao exercício do direito pessoal e coletivo, têm canais de comunicação e recepção, e funcionam normal e permanentemente.
 Dito isso, quero recordar uma convicção  expressa à época das eleições de 2014. Para fins de reportagem da Gazeta e perguntado pelo repórter, respondi que julgava como a questão nacional mais urgente o problema da segurança pública.
 Parênteses. Comumente, têm se dito que tudo passa pela educação. E é verdade. Mas, estamos sempre adiando uma revolução  séria e duradoura nesta área. Mudança de cultura e comportamento coletivo leva mais de 25 anos.
 Neste momento, nosso problema essencial é a impunidade e a insegurança social. De modo que entendo que devamos construir presídios. Muitos presídios. E que a justiça passe a condenar sistematicamente, sem subterfúgios e fantasias retórico-recursais.
 Mas não me refiro apenas aos crimes de furto, roubo e assassinatos. Ou aos crimes de trânsito. Ou àqueles decorrentes de negligência, imprudência e imperícia. Me refiro também, e principalmente neste momento, aos invasores dos espaços públicos e privados.
 Aguardam e merecem punição as  pessoas e líderes de entidades que obstruem vias públicas a pretexto de qualquer reivindicação, prejudicando milhares de pessoas que estão no gozo do seu direito pessoal de ir e vir. E no direito de trabalhar. Que dirá aqueles que além de invadir, depredam o patrimonio público e privado.
 Repito, se abertos todos os canais de comunicação e negociação institucional, e absolutamente livre o direito de expressão, organização e reivindicação - conquistas democráticas dos últimos trinta anos!, não é mais tolerável o quadro geral de anarquia. 
 Irresponsáveis, inconsequentes e falsos democratas estão "destruindo" as conquistas institucionais. Mais do que nunca, mais do que passada a hora, é chegado o momento de aplicarmos a lei com rigor. Punir. E prender, se necessário!   


Nenhum comentário:

Postar um comentário