sexta-feira, 30 de agosto de 2019

Saiba tudo sobre a asma


Asma causa em média seis mortes por dia no Brasil
Doença é um dos temas do II Simpósio Internacional do Serviço de Pneumologia e Cirurgia Torácica do Hospital Moinhos de Vento
Aproximadamente 20 milhões de brasileiros sofrem com a asma. A doença crônica que vitimou a escritora Fernanda Young aos 49 anos no último domingo (25), afeta as vias respiratórias e é a mais comum no país, ocasionando cerca de seis mortes por dia. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), 10% dos portadores enfrentam a forma grave da enfermidade, que não está controlada entre 60% e 90% desses casos.
Paulo Pitrez, coordenador Institucional de Pesquisa do Hospital Moinhos de Vento, ressalta que a asma é uma doença silenciosa. “A maioria dos pacientes acostuma-se com a asma, tolerando os sintomas, crises, e limitações, sem buscar ajuda e tratamento, convivendo silenciosamente com a doença”, esclareceu o pneumologista pediátrico e pesquisador.
Dados publicados por um estudo da equipe do Dr. Pitrez com a participação de 2.500 alunos de escolas públicas de Porto Alegre mostraram que 20% das crianças são asmáticas, metade não tem a doença controlada, somente 30% tem medicação preventiva prescrita e 8% precisaram hospitalizar nos últimos 12 meses por causa da doença. “Porém o índice de morte entre as crianças é baixa, sendo que a maioria dos óbitos ocorrem em pacientes de 25 a 60 anos”, explica Pitrez.

Estratégias para o tratamento e medicina personalizada
A doença é um dos temas do II Simpósio Internacional do Serviço de Pneumologia e Cirurgia Torácica do Hospital Moinhos de Vento, que acontece nesta sexta e sábado (30 e 31 de agosto), no Sheraton Hotel Porto Alegre. Os pneumologistas Leandro Genehr Fritscher, Flavia Gabe Beltrami e Pierangelo Tadeu Baglio, do Hospital Moinhos de Vento, e o pneumologista Bernardo Henrique Ferraz Maranhão - professor da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO) e ex-presidente da Sociedade de Pneumologia e Tisiologia do Estado do Rio de Janeiro - participam da mesa redonda que vai abordar a educação de pacientes asmáticos, casos que não respondem aos tratamentos e medicina personalizada, entre outras questões.
Conforme o chefe do Serviço de Pneumologia e Cirurgia Torácica do Hospital Moinhos de Vento e coordenador do simpósio, Marcelo Gazzana, avanços nos tratamentos, possibilidades de diagnósticos mais rápidos e precisos e o uso da cirurgia robótica na medicina respiratória também estarão em pauta. “A intenção é promover a troca de conhecimentos para qualificar ainda mais os serviços oferecidos aos pacientes”, destaca o pneumologista. O evento reunirá especialistas nacionais e internacionais da área. Serão dois dias de palestras e debates voltados à atualização dos profissionais nas técnicas mais modernas de manejo das doenças pulmonares.

SERVIÇO
O quê: II Simpósio Internacional do Serviço de Pneumologia e Cirurgia Torácica
Quando: 30 de agosto, das 13h30 às 18h, e 31 de agosto, das 8h30 às 18h
Onde: Hotel Sheraton Porto Alegre (Rua Olavo Barreto Viana, 18)

Nenhum comentário:

Postar um comentário