segunda-feira, 31 de julho de 2017

Claudio Janta protesta

O prefeito Marchezan Júnior começa a semana com sérios problemas na sua base de apoio na Câmara de Vereadores, porque seu líder, Claudio Janta, SDD, que é também o líder da Força Sindical no Estado, resolveu protestar publicamente contra as mudanças em curso na área do transporte público de passageiros.

Em mensagem por WhatsApp ao editor, Claudio Janta avisou:

-Estamos tirando direitos da população.

No Whats, o vereador disse que falava como parlamentar e não como líder do governo, coisa que não existe.

Na quinta-feira, o prefeito decretou o fim da segunda passagem gratuita para os usuários do cartão TRI, medida em vigor desde 2011 para quem pega duas linhas de ônibus diferentes em um intervalo de até meia hora. Pelo decreto, a segunda passagem gratuita seguirá valendo somente para estudantes. A justificativa da Prefeitura é buscar um impacto menor em reajustes futuros da passagem. O decreto não depende de aprovação e passa a valer após 30 dias.


Dois dias antes, o prefeito já havia enviado à Câmara seis projetos que reduzem isenções. Um deles acaba com a passagem escolar para estudantes que não comprovarem renda mensal inferior a três salários mínimos. Outro texto acaba com a isenção para idosos entre 60 e 64 anos. Um terceiro texto acaba com a concessão de passe escolar a professores. Em outro projeto, a Prefeitura autoriza que os ônibus circulem sem cobradores.

Nenhum comentário:

Postar um comentário