domingo, 24 de junho de 2018

Marchezan Júnior garante R$ 15 milhões da Caixa para retomar e concluir obras da avenida Tronco


A prefeitura de Porto Alegre retomou, nesta quinta-feira, as obras da avenida Tronco, paralisadas desde 2016. A retomada foi possível graças às negociações da prefeitura com a Caixa Econômica Federal para remanejar cerca de R$ 15 milhões de recursos do financiamento das contrapartidas do Programa de Aceleração do Crescimento (BNDES/CPAC) para o pagamento de bônus-moradia a aproximadamente 195 famílias na avenida Tronco, liberando o canteiro de obras.

O prefeito Nelson Marchezan Júnior pediu a garantia dos secretários de que a obra será entregue em no máximo 24 meses.

O primeiro ponto de trabalho será na rua Moab Caldas, entre a rua Gabriel Fialho Camargo e a avenida Francisco Massena Vieira. Após a implantação da sinalização de obra, que está prevista para os primeiros 15 dias, começam os trabalhos na rotatória da avenida Icaraí. O processo de reassentamento está em fase de conclusão, faltando, das mais de 1,5 mil famílias, apenas 195 aguardando indenização. O diretor do Departamento Municipal de Habitação (Demhab), Mário Marchesan, destacou que está recebendo as famílias no escritório da Tronco para os trâmites legais.

O consórcio responsável pela obra é formado pela Construtora Pelotense e Toniolo Busnello. 

Percentual executado da Tronco:
Trecho 1 e 2 – 31%
(Rótula da Gastão Mazzeron até a Terceira Perimetral e até a Rótula do Papa)  
Trecho 3 e 4 – 33%
(Rótula da Icaraí até a rua Gabriel Fialho Camargo)
Extensão total das obras da Tronco: 5,65 km
Extensão já executada: 1,7 km
Início da obra: março/2012 
Prazo: 24 meses a partir da retomada

Nenhum comentário:

Postar um comentário