quinta-feira, 29 de março de 2018

Relatório Trimestral de Inflação

A análise a seguir é da newsletter diária formatada por economistas do Bradesco:

O Relatório Trimestral de Inflação (RTI), divulgado hoje, reforçou a explicitação do plano de voo do Copom apresentada na ata de sua última reunião, divulgada na terça-feira. Assim, o documento não alterou a nossa visão de uma redução adicional da Selic em 0,25 p.p. em maio, para 6,25%, e manutenção desse patamar até o final de 2018. Essa visão está atrelada à evolução do cenário básico e do balanço de riscos conforme o esperado pela autoridade monetária. Em linha com a ata, o RTI destacou que a inflação tem sido baixa, inclusive quando avaliados os núcleos, e que tem evoluído de forma mais benigna do que o esperado neste início de ano. Ao mesmo tempo, o BC reconheceu que a atividade econômica mostra “recuperação consistente”, mas que segue operando com níveis de ociosidade elevados. As projeções de inflação no cenário que considera as projeções do Focus para câmbio e juros são de 3,8% em 2018, 4,1% em 2019 e 4,0% em 2020. No RTI de dezembro, essas mesmas projeções foram de 4,2%, 4,2% e 4,1%, nessa ordem. Todas essas projeções estão muito próximas das respectivas metas (4,5%, 4,25% e 4,0%). Para o crescimento deste ano, o Relatório manteve a projeção apresentada em dezembro, de 2,6%, mas com alteração na composição. Em particular, destaque para revisão altista da projeção de investimento, de 3,0% para 4,1% para 2018.

Nenhum comentário:

Postar um comentário