sábado, 26 de maio de 2018

Entrevista - Redução da CIDE prejudica o varejo

- O advogado é da Scalzilli Althaus

Como a proposta de redução da CIDE sobre o diesel impacta o varejo?
Não é uma notícia boa. O governo acenou com a redução, tendo como contrapartida a reoneração da contribuição social sobre a folha de pagamentos, o que exclui do varejo a possibilidade da tributação sobre a receita bruta, o que pode onerar ainda mais o setor.

E aí?
A reoneração da folha pode ter efeitos perniciosos, como o aumento do desemprego e redução do consumo de bens e serviços. Mais uma vez, poderemos entrar num círculo vicioso de crise.

Qual a solução?
Para que o varejo volte a crescer, é preciso uma política econômica que estabeleça estratégias não apenas centradas no setor, mas no emprego e na estabilidade financeira da população. Só quando as pessoas tiverem poder de compra e o empresariado, segurança jurídica, o brasileiro voltará a consumir efetivamente.

E o que o setor pode fazer?
Reforçarei algumas dessas questões nesta segunda na Feira Brasileira do Varejo. É necessário adotar boas práticas para ter alternativas frente aos cenários adversos. Isso passa por melhor gestão, ter a integridade como prática de geração de valor, pleno conhecimento do negócio e, sempre, um bom relacionamento com o consumidor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário