segunda-feira, 10 de setembro de 2018

Polícia Federal explica como andam as investigações sobre o agressor de Bolsonaro

Cobrada por não agir com velocidade e diligência nas investigações sobre o atentado a Bolsonaro, a PF acaba de tirar uma nota:


A Polícia Federal informa que prosseguem as investigações do inquérito policial instaurado após a prisão em flagrante do autor da agressão ao candidato presidencial Jair Messias Bolsonaro. O preso foi indiciado no artigo 20 da Lei de Segurança Nacional.
Por meio do inquérito, a PF visa identificar todas as possíveis conexões e motivações do crime, além de esclarecer, em toda a sua extensão, as demais circunstâncias vinculadas ao fato criminoso. Para tal, são realizadas diversas diligências policiais como a coleta de depoimentos, a análise de dados financeiros e de outros dados existentes em imagens, mídias, computadores, telefones e documentos apreendidos.
A equipe de policiais da Delegacia da PF em Juiz de Fora/MG conta com o apoio de policiais e recursos da Superintendência Regional de Minas Gerais e também de outras unidades da PF.

Nenhum comentário:

Postar um comentário