quarta-feira, 18 de abril de 2018

Manifesto de Carlos Schmidt

"COMEÇOU O ATAQUE! Quando não conseguem atacar a pessoa atacam seu trabalho. Foi assim quando passamos o filme O IMPEACHMENT. Nos chamaram de tudo. A intolerância de petistas com qualquer coisa que os desmascare se torna selvagem! O termo mais gentil e recorrente é me chamarem de homofóbico! Logo eu que sempre tive e tenho funcionários gays e sempre exibi filmes sobre a temática! Mas uma coisa eu assumo, sou intolerante! Intolerante a corrupto e quem os defende! Começaram a surgir ameaças de boicote ao Guion Cinemas! Nunca obriguei ninguém a ir no meu cinema, mas se a redução se fizer sentir quem vai sentir mais é a cidade e não eu, que finalmente poderei ter dias de folga, coisa que como empresário não tenho direito.  Deixarei de cumprir metas esdrúxulas e impositivas do governo numa atividade que é privada! Deixarei de pagar taxas abusivas de impostos! Deixarei de me angustiar mensalmente se terei condições de pagar nossos colaboradores e fornecedores! Manifestei em meu perfil minha contrariedade com os rumos do judiciário e da política deste País! Esta maneira policialesca de horda, que grupalmente como sói acontecer vem achacar e censurar é aquilo contra o qual batalho.  Não vão me fazer ter vergonha de querer que a lei seja cumprida. Não sou eu que devo ter vergonha, são eles. Enfim se alguém acha que nosso trabalho ao longo destes 40 anos nesta cidade e quase 23 anos de Guion valeram, vá na página e manifeste-se!".

Nenhum comentário:

Postar um comentário