sexta-feira, 15 de fevereiro de 2019

Artigo, Fábio Jacques - Tive um pesadelo e acordei feliz.

Tive uma noite de pesadelo no qual o Brasil tinha sido tomado por extraterrestres que vieram aqui para acertar o caos que rege o país.
A primeira coisa que fizeram foi acabar com a “Constituição Cidadã” que começa com a frase “Nós, os representantes do povo brasileiro”, por uma muito mais singela que inicia com “Nós, o povo brasileiro”.
Para minha surpresa acabaram com todos os “direitos adquiridos” como as aposentadorias milionárias de políticos, magistrados e de boa parte do funcionalismo público, libertando o povo trabalhador dos “deveres adquiridos” para sustentá-las.
Acabaram com todas as mordomias do nosso serviço público adotando para o parlamento e o judiciário regras semelhantes às adotadas pela Suécia onde não existe qualquer privilégio para os integrantes destes poderes.
Cancelaram a “Bolsa Ditadura” e abriram processo penal contra todos aqueles que conseguiram suas indenizações por meio fraudulento obrigando-os a devolver aos cofres públicos o dinheiro indevidamente recebido, com juros, correção monetária e multas.
Promoveram uma total reforma política e convocaram novas eleições para um novo parlamento sem regalias, assim como substituíram todos os membros da suprema corte por cidadãos de verdadeiro douto saber e comprometidos com os reais interesses do país.
Ampliaram as áreas agriculturáveis do Brasil dos atuais 7% para 30% como acontece em países como os Estados Unidos transformando o país no verdadeiro celeiro do mundo.
Implantaram um amplo programa de desenvolvimento da Amazônia explorando racionalmente suas riquezas, preservando sua biodiversidade. Reconheceram publicamente que o conceito de Amazônia Pulmão do Mundo estva completamente errado pois o oxigênio produzido pela fotossíntese de dia é reabsorvido à noite.
Reduziram a níveis racionais as áreas indígenas e quilombolas, passando a cobrar produtividade de seus habitantes exceto das tribos realmente silvícolas e refratárias à civilização.
Reformaram o nosso código penal, reduzindo a maioridade penal para 12 anos, idade na qual o infrator passaria a responder como adulto ficando sujeito à pena de morte ou à prisão perpétua.
Instituíram a prisão em primeira instância nos casos de júri popular e de segunda para todos os demais casos.
Trouxeram para o Brasil inúmeras novas empresas reduzindo o desemprego a números insignificantes. Acabaram com a CLT e com os direitos trabalhistas, passando as pessoas a ter que mostrar serviço para se manterem nos empregos. Repassaram todos os encargos trabalhistas para os salários deixando as pessoas decidirem sobre o que fazer com seu próprio dinheiro.
Extinguiram a justiça trabalhista.
Equiparam os salários do funcionalismo público àqueles pagos pela iniciativa privada, passando esta decisão a valer imediatamente para ativos e inativos.
Declararam guerra ao crime organizado punindo severamente os cabeças das facções criminosas sujeitando-os inclusive à pena capital.
Acabaram com o MST, MTST, Via Campesina e todos os demais grupos similares prendendo os seus dirigentes por fraude e exploração daqueles que acreditaram em seu discurso e acabaram se tornando apenas massa de manobra.
Modernizaram a base de Alcântara colocando definitivamente o Brasil na era espacial.
Rasgaram o Brasil de norte a sul com autoestradas e trens de alta velocidade.
Substituíram todos os reitores das universidades colocando em seu lugar especialistas da educação comprometidos com o ensino técnico e científico com o propósito de formar profissionais e empreendedores ao invés de militantes.
Trouxeram para o Brasil extensões das melhores universidades do mundo e criaram polos de desenvolvimento de tecnologia nos moldes do Vale do Silício dos Estados Unidos.
Reequiparam nossas forças armadas e policiais, promovendo amplo treinamento sobre defesa do país e da sociedade civil.
Despertei deste pesadelo antes de ver inúmeras outras reformas que eles já estavam implantando sem mesmo poder vivenciar os resultados práticos de todas elas, mas me peguei sorrindo porque havia acordado convicto de que, se continuasse sonhando, finalmente iria morar em um país de primeiro mundo sem ter que sair de casa.
Talvez nem seja necessária a ocupação pelos Extraterrestres. Acho que nós mesmo podemos fazer tudo isto. Basta pensarmos todos juntos no bem do Brasil e dos brasileiros.
O autor é diretor da FJacques - Gestão através de Ideias Atratoras, Porto Alegre, e autor do livro “Quando a empresa se torna Azul – O poder das grandes Ideias”.
www.fjacques.com.br -  fabio@fjacques.com.br

5 comentários:

  1. SENSACIONAL A MATÉRIA; - SE FIZERMOS O PROPOSTO SEREMOS
    A MAIOR POTÊNCIA MUNDIAL!! VAMOS RODAR ESSAS IDÉIAS OR ESSE BRASIZÃO!!

    ResponderExcluir
  2. Ok, ok, mas prisão em primeira instância após Júri Popular, é pesadelo! Ainda mais Júri Popular, manipulado por advogados teatrais!!!

    ResponderExcluir
  3. Esse artigo não representa um pesadelo,mas um sonho maravilhoso que um dia transformaremos em realidade, muita coisa já melhorou, só acho que a Floresta Amazônica tem que ser preservada!

    ResponderExcluir
  4. Que merda....não dá nem pra ler com esse fundo

    ResponderExcluir
  5. Esses extraterrestres ainda não chegaram? Estão esperando o quê? Mãos a obra!

    ResponderExcluir