quinta-feira, 28 de julho de 2022

Denúncia contra deputado Mainardi é entregue na PF e no MPE

 Um grupo de pelo menos 8 vereadores de Bagé representaram no MPE e na PF contra o deputado estadual Luiz Fernando Mainardi, PT, que estaria utilizando telefone funcional em uma conversa comprometedora envolvendo ilícitos como sexo e drogas. O deputado gravou video contra os áudios das suas conversas, todas descontextualizadas, segundo ele. E também avisou que o celular usado não é da Assembleia.

A atitude dos parlamentares se deu depois que uma denúncia foi formalizada na Câmara de Vereadores de Bagé, pedindo a atuação dos vereadores sobre o caso. Na semana passada, os vereadores Lia Rejane (PTB) e Omar Ghani (Progressistas) protocolaram pedido de investigação no Ministério Público. “Queremos que o MP faça a averiguação necessária para que a sociedade tenha as respostas a respeito desta denúncia que recebemos, afinal envolve drogas e mau uso do dinheiro público”, explicou Ghani em vídeo que circula nas redes sociais.

Já nesta semana, um pedido de investigação foi protocolado pelos parlamentares Rodrigo Ferraz (União) e Esquerda Carneiro (PTB) na Polícia Federal. “Após protocolado na Câmara estamos protocolando este pedido aqui solicitando urgência. Foi uma atitude imoral e os bageenses querem sim uma resposta”, pontuou Esquerda, também pelas redes sociais, da frente do prédio da PF.

O documento entregue nos órgãos de fiscalização também foi assinado por outros parlamentares da Casa Legislativa, além de Ferraz, Ghani, Lia e Esquerda: Augusto Lara,  Faustina Campos, Nego Zeca, Cláudia Messias, Ramão Bogado e Cláudio Xuxa

Nenhum comentário:

Postar um comentário