quarta-feira, 27 de julho de 2022

FMI projeta menos crescimento da economia global, com mais inflação.

Ontem o FMI divulgou a atualização do World Economic Outlook, relatório com as projeções do Fundo para a economia mundial. A projeção para o crescimento do PIB global em 2022 sofreu nova revisão baixista, passando de 3,6%, no relatório de abril, para 3,2%, enquanto a expectativa para 2023 foi revisada de 3,6% para 2,9%. Ao mesmo tempo, a inflação global deve atingir 6,6% nas economias desenvolvidas e 9,5% nas emergentes. Segundo o relatório, a desaceleração do crescimento global neste ano reflete uma série de choques que atingiram uma economia mundial já enfraquecida pela pandemia, como as repercussões da guerra na Ucrânia, os bloqueios de Covid-19 na China, e o aperto das condições financeiras resultante da inflação persistentemente elevada. O Brasil ficou entre o grupo de países cujo crescimento, de 2022, foi revisado para cima: segundo o FMI, o PIB brasileiro deve avançar 1,7%, acima da alta de 0,8% prevista em abril.

Nenhum comentário:

Postar um comentário