segunda-feira, 18 de junho de 2018

Artigo, Marcelo Aiquel - por que o Brasil é o que é


Artigo, Marcelo Aiquel - por que o Brasil é o que é

         Basta analisar o comportamento do povo, orquestrado e ilustrado por quem “dá o tom” dos modos e espelha culturalmente o futuro da nação.
         Não restam dúvidas que uma enorme fatia da população acredita piamente que a Rede Globo é a porta voz da verdade e da correção.
         Querem três exemplos recentes disso?
         O primeiro remete ao “ensinamento de malandragem” que o consagrado Galvão Bueno transmitiu (e repetiu!) durante o jogo inaugural da Copa do Mundo 2018, dando “aulas” de como se deve levar vantagem ilegal (a Lei de Gerson), e não teve pudor em dizer que o jogador impedido deveria participar da jogada, pois, vai que o juiz não vê!
         E assim vale pra corrupção: vai que ninguém vê!
         Já o segundo (péssimo) exemplo veio do mesmo lugar do primeiro: Na prévia da estreia da seleção canarinho, a Globo mostrou – cheia de pompa – um dos maiores desrespeitos a um símbolo nacional: o Hino da pátria!
         Pois, quem assistia, foi surpreendido pelo Hino ser tocado ao som da banda baiana olodum. Querem desrespeito maior?
         O terceiro é uma aula de patriotismo, Circulou nas redes sociais um vídeo mostrando a comemoração – de crianças – ao gol do Uruguai na Copa.
         Enquanto isso, centenas de crianças brasileiras brincavam nas ruas (só não viu quem não quis) durante o jogo do Brasil, Totalmente alheias ao falso ufanismo (exclusivamente comercial) criado para promover a Copa do Mundo da Fifa.
         Assim fica até fácil “descobrir” porque o Brasil é o que é!

Nenhum comentário:

Postar um comentário