quarta-feira, 22 de agosto de 2018

Artigo, Adão Paiani - Os promotores do caos


A mistura de ódio e medo do sistema em relação a um dos candidatos a presidente, aliada à insistência de incluir nas sondagens de intenção de votos o nome de alguém que não pode concorrer, com o objetivo de confundir a opinião pública, vai acabar por comprometer a própria legitimidade desta eleição, situação em que todos vão perder.

A coisa descambou da preferência da mídia - que é o próprio sistema - por este ou aquele candidato, por este ou aquele viés ideológico ou partidário - algo normal, compreensível e respeitável em qualquer democracia - para o banditismo explícito.

Ao contrário do que pode parecer, quem ganha com isso não são os demais candidatos, suas propostas ou partidos, muito menos o eleitor e menos ainda o país, mas o mecanismo.

Os grandes grupos de comunicação mais do que prestar um desserviço ao país, hoje são uma ameaça à democracia brasileira.

Falidos, como é o caso da Editora Abril, que essa semana entrou com pedido de recuperação, ou listados entre os maiores devedores da União, como Rede Globo, Record ou SBT, eles ao mesmo tempo em que escolheram um inimigo a destruir, por outro lado ainda não elegeram o seu candidato, estando na expectativa de qual será aquele que chegará no seu preço. 

A esse, todas as referências elogiosas,  exposição positiva e pesquisas favoráveis. Aos demais o descarte.

Criminosamente, a grande midia brasileira aposta no caos para submeter, mais uma vez, o país aos seus interesses escusos, apelando para a mentira e a manipulação de uma sociedade onde o analfabetismo funcional e a desinformação são grandes, e a população encontra-se fragilizada pelos escândalos e imersa no descrédito de lideranças, agentes públicos, políticos e instituições. 

Repito, o que estamos vivenciando não é campanha eleitoral, mas puro banditismo político.

 Se alguém achava que havíamos chegado ao fundo do poço na campanha de 2014, uma das mais corruptas e criminosas da nossa história política, é perceptível esta será ainda pior. 

O mais inacreditável é que sabemos onde isso tudo fatalmente irá terminar. 

Mas, pelo jeito, não esquecemos nada. E não aprendemos nada também.

*Adão Paiani é advogado em Brasília/DF.

4 comentários:

  1. EXCELENTE COMENTÁRIO! É ISSO MESMO! INTERVENÇÃO MILITAR SERÁ O DESTINO INEXORÁVEL EM POUCOS MESES, POIS SÓ HÁ UM REAL CANDIDATO QUE COMBATE COM FORÇA O MECANISMO: BOLSONARO. OS DEMAIS SÃO FRUTOS DO MECANISMO, CORRUPTOS A SERVIÇO DO MECANISMO, OU APOIADOS PELO MECANISMO, ONDE SE INCLUI A MÍDIA (TODA) FALIDA E A SERVIÇO DOS COMUNISTAS E GLOBALISTAS.

    ResponderExcluir
  2. Há um ministro do STF ameaçando o Bolsonaro, caso seja eleito. Desculpem-me, isso é uma vergonha: Uma coisa é alguém ser pego roubando dinheiro público para uso particular. Caixa dois, pra mim é crime, mas não é corrupção. Alguém pegar dinheiro em caixa dois para o uso do partido é ilegal ( pela, Lei, mas TODO MUNDO FAZ OU FAZIA, da direita à esquerda!). Agora alguém querer retirar direitos politicos de uma politico por este ter respondido uma provocação - no caso da Maria do Rosário, todos mundo sabe como ela é, agressiva, pedante, arrogante. Esses ministros do Supremo estãi bulindo com o perigo, ou estão implorando para uma intervenção militar. Imaginem o absurdo: alguém ser ficha-suja por crime de opinião! Só no Brasil.

    ResponderExcluir
  3. Não houvesse o TSE registrado vergonhosamente a candidatura do Presidiário, a mídia não estaria explorando isso de forma igualmente vergonhosa.

    ResponderExcluir
  4. Eu estou horrorizada com o nivel rasteiro que chegou quase a totalidade da midia convencional do Brasil, se juntaram com o banditismo dos 3 poderes, contra a propria população, como se esta não tivesse o direito de escolha, é simplesmente vergonhoso aos ataques contra um candidato que o POVO quer, eu sou mulher voto Bolsonaro e a maioria das minhas amigas e parentes tambem, o Brasil que queremos para os nossos filhos, é com valores morais e cristãos, e o que vemos é um vilipendio a sociedade, querem uma reengenharia social a todo custo atraves da midia, e do judiciario e demais ORCRIM, e digo que se tirar ele da eleição ou fraudar descaradamente eu que sou mae e esposa e crista, SEREI A PRIMEIRA A IR COM MINHA FAMILIA E FILHOS A PORTA DOS QUARTEIS PEDIR INTEVENÇÃO DAS FFAA. Polibio sinto falta dos seus videos no youtube. Obrigado

    ResponderExcluir