domingo, 3 de março de 2019

Artigo, Marcelo Aiquel - Existem palhaços .... e palhaços


         Segundo os dicionários, “palhaço” é aquele personagem que nos provoca risos. Atua geralmente em circos, mas também pode ser visto no teatro e nas telas de televisão.
         No Brasil, o mais célebre palhaço foi o Carequinha, que fez muitas gerações se divertirem.
         Isto, até o surgimento de um ator (medíocre) chamado Zé de Abreu.
         Este sim, nos faz gargalhar. Muito!
         Seja pela escassez de argumentos (quando parte pra cusparada explícita), seja pela atitude (ridícula) de “ajudar” o pobre Zé Dirceu numa (igualmente ridícula) vaquinha virtual para levantar fundos ao “combalido” guerrilheiro.
         E continua fazendo...
         Agora, em seu ato mais engraçado (senão o mais medíocre de todos), assumiu o papel do maior palhaço vivo do Brasil, ao – em protesto de apoio ao governo bolivariano da Venezuela – autodeclarar-se  Presidente do Brasil.
         Ora, ora. Tudo tem limite! Mesmo uma piada (de péssimo gosto) como esta.
         Afinal, com base em quê, este finório acha que – desta vez – nos fará rir?
         Ele – por acaso – foi candidato a algum cargo público?  Recebeu algum mísero voto? Assumiu a presidência do Congresso Nacional?
         Então, por que se acha no direito de querer ser o Presidente do Brasil? Só pode ser uma piada.  De palhaço!  Ou do maior deles.
         Mesmo o maior dos palhaços tem seu dia sem graça.
         Este cidadão, assim como todos com os quais divide a adoração por uma ideologia fracassada, imagina que uma democracia (que tanto defendem, pelo menos no discurso) pode ser substituída – assim – “na marra”?
         Tal coisa somente acontece onde o povo é subjugado por muitas mentiras. Até despertar! E aí, a “onça bebe água”, gostem ou não.
         Pois é, existem palhaços...e palhaços!
         E o maior deles não passa de um ator medíocre. Que também foi – nesta oportunidade – apenas mais um palhaço. E, como de costume, sem graça nenhuma...

3 comentários:

  1. Esse cabeçalho para o blog está beeeem melhor que aquele cor de laranja...

    ResponderExcluir
  2. Todos têm seu momento de ascensão,apogeu e decadência.O Zé de Abreu está em decadência e não se conformando com isso, começa a falar coisas absurdas para chamar atenção.E isso é pior para ele que não tem humildade!

    ResponderExcluir
  3. Esse passou da hora de declarar que foi estuprado por tio e virar evangélico!

    ResponderExcluir