sexta-feira, 11 de junho de 2021

Militares visitam Taurus

 Autoridades do Comando Militar do Sul também participaram, entre eles o General do Exército Valério Stumpf Trindade, Comandante do Comando Militar do Sul e o General de Divisão Riyuzo Ikeda, Comandante da 3ª Região Militar. 


Durante a visita, o ministro e a comitiva conheceram as instalações da unidade fabril da Taurus, que passou por um processo de modernização, com investimentos de US$ 125 milhões nos últimos 5 anos. Tiveram a oportunidade de verificar de perto os novos processos produtivos e administrativos da companhia, assim como o projeto de ampliação da fábrica e os investimentos futuros da empresa. 


Os visitantes também conheceram o portfólio completo da Taurus, composto por revólveres, pistolas, submetralhadoras, fuzis, carabinas, rifles e espingardas que atendem os mercados civil, militar e policial, o protocolo de desenvolvimento de novos produtos, além de acompanharem os testes de tiro e verificarem os rigorosos processos de qualidade e protocolos de aceitação que 100% dos produtos são submetidos antes de serem comercializados. 


O CEO Global da Taurus, Salesio Nuhs, acompanhou a visita e destacou a importância de o país ter Empresas Estratégicas de Defesa com produtos e processos com tecnologia sob domínio nacional. "Todos os produtos e processos são desenvolvidos com tecnologia própria, pelo nosso CITE (Centro Integrado de Tecnologia e Engenharia Brasil/Estados Unidos). Toda a tecnologia aqui apresentada ao ministro e a sua comitiva estão presentes também em nossa fábrica dos Estados Unidos", ressalta Nuhs. 


"Foi uma grande honra receber o ministro da Defesa e sua comitiva. Esta é uma oportunidade de mostrarmos a qualidade e robustez do nosso processo de produção, as armas desenvolvidas e testadas aqui no Brasil com mão-de-obra inteiramente nacional, além de todas as mudanças, investimentos em inovação e tecnologia que foram e estão sendo implementadas nas fábricas da Taurus", afirma o CEO Global da companhia. 


Para o ministro da Defesa, Walter Souza Braga Netto, a empresa Taurus representa um exemplo de sucesso para a Base Industrial de Defesa (BID), em um mercado onde o alto valor tecnológico agregado é uma característica marcante. "Estar presente em mais de 100 países demonstra a sua inegável capacidade de inovação, competividade de preços e competência em manter uma cadeia de suporte global". 


O ministro afirmou que o fortalecimento da BID é um objetivo estratégico do Ministério da Defesa e um importante vetor para o desenvolvimento da economia brasileira. O setor conta com mais de 1.100 empresas, representa 4,5% do Produto Interno Bruto (PIB) e gera 290 mil empregos diretos e 850 mil indiretos. 

 

 



Sobre a Taurus 


A Taurus é uma Empresa Estratégica de Defesa, com 81 anos de história e reputação sólida. Sediada em São Leopoldo, no Rio Grande do Sul, emprega cerca de 3.200 pessoas no país e exporta para mais de 100 países. A companhia é a líder mundial na fabricação de revólveres e uma das maiores produtoras de pistolas do mundo, além de ser a quarta marca mais vendida e a mais importada no exigente mercado norte americano. A empresa já recebeu dezenas de prêmios em reconhecimento pelo seu elevado padrão de qualidade e inovação, como o "Handgun of the Year", considerado a premiação mais importante da indústria de armas dos Estados Unidos. A Taurus possui um portfólio completo de produtos composto por revólveres, pistolas, submetralhadoras, fuzis, carabinas, rifles e espingardas, atendendo os mercados civil, militar e policial. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário