quinta-feira, 20 de setembro de 2018

Saiba o que há com os novos trens da Trensurb


A estatal federal gaúcha de transportes, a emnpresa Trensurb, que opera o trem metropolitano da Grande Porto Alegtre (Porto Alegre a Novo Hamburgo), comprou no gogverno Dilma Roussef um lote de 15 trens, contrato assinado em 2015 por R$ 243.756.000,00, vendidos pelo consórcio FrotaPoa, composto pelas empresas Alstom e CAF. 

A situação atual: a Alstom diz que liberou 8 trens , mas apenas 4 trens estão trafegando.

Existe um inquérito no Ministério Público Federal de Novo Hamburgo e o responsável é o procurador Celso Tres. Existem, também, duas sindicâncias correndo na Trensurb, que foram solicitadas pelo presidente da David Borille,  abertas em 09/08/2018, mas sem resultados, ainda.
A primeira sindicância já expirou o prazo de conclusão e a segunda sindicância expira em 09/10/2018.

Esta é a situação dos trens novos da Trensurb.
Os serviços para recuperação das falhas identificadas nos trens da
série 200, abrangem o seguinte roteiro, até o retorno para operação comercial:
- Substituição de todos os rolamentos de roda;
- Substituição das caixas de graxa que apresentarem defeitos na
inspeção de desmontagem;
- Remontagem e aplicação de selante para vedação das tampas das
caixas de rolamentos;
- Inspeção e substituição das barras de torção que apresentarem
desconformidade com os parâmetros de projeto;
- Aplicação de lastro, quando necessário, para corrigir distribuição
de carga regularizando o parâmetro de projeto e de manutenção, verificado na
passagem em balança;
- Verificação geral do truque e substituição de eventuais peças com
defeito;
- Inspeção nos indutores e substuição se apresentarem defeito;
- Verificação e conferência do processo de nivelamento da
suspensão;
- Verificação e conferência final através de passagem dos rodeiros
em balança;
- Verificação na via de trheshold, do sinal de ATC.
- Realização de testes dinâmicos de desempenho de tração e freio;
- Inspeção geral final do trem;
- Liberação para operação.

2 comentários:

  1. Ficou meio confusa a segunda parte da noticia para quem nao está a par como eu... Roteiro para retorno a operação comercial ? Dos trens que não estao em operacao? Não entendi...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Explicação. Dos 15 trens apenas 5 estão disponíveis para circulação, os outros 10 estão seguindo a sequência de manutenção conforme roteiro acima ,mas nenhum deles foi ainda aprovado pela operação.

      Excluir