terça-feira, 20 de novembro de 2018

Prefeitura de Porto Alegre convoca 14 médicos para suprir deserção de cubanos


A Prefeitura de Porto Alegre publicou em edição extra do Diário Oficial, nesta terça-feira, 20, a convocação de 14 profissionais médicos para o Instituto Municipal de Saúde da Família (Imesf) para atuar nas Unidades de Saúde de Porto Alegre. O ato visa a cobrir as lacunas deixadas pela saída de profissionais cubanos do Programa Mais Médicos e reforçar equipes da Capital. O contrato emergencial é de seis meses prorrogável por mais seis.

Segundo o secretário municipal da saúde Erno Harzheim “a medida é necessária uma vez que o processo de contratação e efetivação pode levar até 40 dias”. Os profissionais serão contratados mediante contrato temporário, conforme artigo 21 da Lei Municipal nº 11.062, de 6 de abril de 2011, para cumprirem carga horária de 20 e 40 horas semanais, nos turnos diurno ou noturno. 

Os salários com especialidade médica são de R$ 13.206,62; sem especialidade médica, R$ 12.153,77, também para 40 horas. Para profissionais que optarem por 20 horas semanais, o salário com especialidade médica é de R$ 6.889,51 e sem especialidade médica, R$ 6.363,09.

Os convocados devem entregar a documentação estipulada no edital em até cinco dias na sede do Imesf (av. Loureiro da Silva, 2.001, Cj. 803). O não atendimento ao chamamento, no prazo determinado, será entendido como desistência do candidato à admissão temporária. 

Convocados:
26º – Marina Pacheco Coelho 
27º – Felipe Nora de Moraes 
28º – Samia Barbosa Nogueira de Araujo 
29º – Luisa Hernandez de La Hoz 
30º – Filipe Andre Schifino Santos Jardim 
31º – Lucas Cappelletti 
32º – Elisa Pacheco Estima Correia 
33º – Guilherme Rohden Schlickmann 
34º – Bianca Niemezewski Silveira
35º – Cynthia Hernandes Gomes 
36º – Alexandra Seide Cardoso 
37º – Doris Graciela Hernandez Briones 
38º – Cibele Borges Mendonca 
39º – Eduardo Gomes da Silva


Nenhum comentário:

Postar um comentário