quinta-feira, 12 de dezembro de 2019

Hospital Moinhos de Vento, Porto Alegre, apresenta sua equipe de atendimento ao trauma


Quando uma vítima de acidente, ferimento grave ou violência é socorrida em Porto Alegre ou Região Metropolitana, poucas são as opções de destino para atendimento. HPS, Cristo Redentor e Pronto Socorro de Canoas são as únicas referências nesses primeiros socorros, pelo menos até a estabilização do paciente traumatizado. E mesmo depois dessa etapa, as instituições têm dificuldade de transferir as vítimas – pois é pouco comum hospitais terem equipes estruturadas para o serviço.

Nesta quinta-feira (12), o Hospital Moinhos de Vento apresentará sua equipe especializada nesse atendimento. São médicos com formação em cirurgia do trauma e intensivistas, e equipe assistencial também estruturada para atuar com os pacientes traumatizados. “Estamos totalmente preparados para receber esses pacientes, após serem estabilizados nos hospitais de pronto socorro, e realizar aqui as cirurgias e procedimentos necessários para a recuperação”, explica o médico Artur Seabra, chefe do Serviço de Cirurgia Geral da instituição.

Ele acrescenta que oferecer a continuidade do tratamento nos hospitais privados para pacientes de convênios e particulares desafoga o SUS. “Esses hospitais referência em trauma, como o HPS e o Cristo Redentor, são altamente qualificados e especializados, mas têm uma grande demanda. Assim, os leitos ficam disponíveis para quem realmente precisa do atendimento público”, afirma. A ideia é se estruturar para, no futuro, prestar, também, o atendimento primário às vítimas.

A equipe será apresentada durante o I Simpósio Cirurgia do Trauma - Atendimento Qualificado ao Traumatizado: Como Enfrentar este Desafio. O evento é gratuito e acontece no Anfiteatro Schwester Hilda Sturm do Hospital Moinhos de Vento. A programação inicia às 19h. Entre os assuntos em destaque estão os desafios no atendimento de pacientes vítimas de trauma e a estrutura necessária para o serviço. Também haverá troca de experiências entre profissionais que atuam em diferentes realidades, como municípios do interior gaúcho e até um centro nos Estados Unidos, em cidade equivalente a Porto Alegre.

O evento contará com a participação do cirurgião Tércio Campos, presidente da Sociedade Brasileira de Atendimento Integrado ao Trauma, da cirurgiã Dóris Lazzarotto Swarowsky, diretora regional da SBAIT, e do cirurgião gaúcho Luiz Gonçalves Foernges, que hoje trabalha no Geisinger Medical Center, em Danville, nos Estados Unidos, além do médico Antonio Rogério Crespo, do Hospital Moinhos de Vento. O superintendente Médico da instituição, Luiz Nasi, fará o encerramento do simpósio.

O quê: I Simpósio Cirurgia do Trauma - Atendimento Qualificado ao Traumatizado: Como Enfrentar este Desafio
Quando: 12 de dezembro, das 19h às 21h
Onde: Anfiteatro Schwester Hilda Sturm do Hospital Moinhos de Vento (Rua Ramiro Barcelos, 910 – Bloco C – 4º andar)
Link para inscrições e programação: https://isimposiocirurgiadot.eventize.com.br


Nenhum comentário:

Postar um comentário