domingo, 26 de setembro de 2021

Artigo, Marcus Vinicius Gravina - Adegas em Ministérios

Notícia do Jornal da Band de hoje, 25 de setembro. Furto de duas garrafas de vinho francês, dos mais caros, da “adega do Itamaraty” – Ministério das Relações Exteriores, prisão do autor. 

Alguém sabia da existência deste despropósito? Refiro-me a adega. Será que o STF, também possui adega? O que sabemos é que tem aberto licitações para compras de vinhos estrangeiros, com especificações de suas safras de uvas, além de iguarias, lagostas, camarões, caviar e outros quitutes. Isto, sem falar dos chás e cafés, com bolos, tortas e outros bombocados, nos divertidos intervalos das sessões da Suprema Côrte, servidos por garçons de luvas.

Temos que lembrara esta gente, cheia de empáfia, que a fome de muitos irmãos brasileiros, deve ser lembrada por eles diante da fartura do que dispõem, pagas pelo povo.

Lembrei-me do tempo em que levávamos a tiracolo para a escola uma lancheira, pequena maleta para transportar sanduiches caseiros, frutas e bebidas. Os operários, suas marmitas até hoje. 

Em período de crise e necessidade de economia pública é isso que devemos recomendar aos que vestem togas, camisas de seda e calças apertadas em seus palácios de governo. Levem suas merendeiras.

Respeito aos famintos. Ministérios não são locais para entreposto ou armazém de abastecimento alimentar a quem quer que seja.

Quem irá dar um basta a isto? Talvez, o fantasma do Guilherme Boulos, mais uma vez a frente dos “Movimentos Sociais Contra a Fome”, tal como a invasão à Bolsa de Valores de São Paulo, quando souber do armazenamento de alimentos e bebidas,para paladares refinados de uns poucos brasileiros na Praça do Três Poderes da República, em Brasília.

Um comentário:

  1. .....essa, é o tipo da coisa que APROVEITADORES DO DINHEIRO PÚBLICO, deveriam ficar quietos......que vergonha STF! o povo vai eleger o ladrão SENADOR DA REPÚBLICA se souberem o nome dele......pelo menos, saberemos o nome de um ladrão BOM!

    ResponderExcluir