quinta-feira, 9 de setembro de 2021

Blog Ponto Crítico, Gilberto Simões Pires - Razões para resistir

Durante a SEGUNDA GUERRA MUNDIAL, de tantas e importantes razões que levaram os bravos COMBATENTES VOLUNTÁRIOS FRANCESES a criar a histórica -LA RESISTENCE- duas ganharam maior RELEVÂNCIA:  


1- uma reação nacional contra a ocupação estrangeira e de luta pela independência nacional, que é a principal ou uma das principais motivações para a maioria dos resistentes;


2- uma luta política e moral contra o NAZISMO, contra a DITADURA, contra o RACISMO e contra a DEPORTAÇÃO. 



RESISTÊNCIA BRASILEIRA

Se compararmos de alguma forma os motivos que levaram um punhado de bravos franceses a organizar uma efetiva RESISTÊNCIA para conter as efetivas e inquestionáveis intenções e/ou pretensões da Alemanha Nazista, com a multidão de brasileiros que foi às ruas neste glorioso e já histórico SETE DE SETEMBRO, foi o mesmo sentimento, qual seja de RESISTIR aos nojentos ímpetos NADA CONSTITUCIONAIS que vem sendo promovidos pelos ministros do STF. Mais: a RESISTÊNCIA BRASILEIRA tem como propósito: LUTAR PELA LIBERDADE, PELA DEMOCRACIA, PELA JUSTIÇA, PELA DECÊNCIA, PELA SOBERANIA E PELAS ELEIÇÕES LIMPAS E TRANSPARENTES. 



DAY AFTER

Pois, mesmo diante da clara MANIFESTAÇÃO DO POVO, o que se viu e assistiu ontem, no tão esperado DAY AFTER, foi algo que considero, além de muito NOJENTO, absolutamente DESAFIADOR. Ao invés de produzir um efetivo MEA CULPA por tanta DESCONSIDERAÇÃO, exagerada INJUSTIÇA e indevidas e criminosas INVASÕES DE COMPETÊNCIAS, o que impede de todas as formas que o PODER EXECUTIVO consiga GOVERNAR o país, como propõe o PLANO DE GOVERNO que elegeu o presidente da República, o presidente do STF conseguiu foi apenas não GARGALHAR enquanto fazia seu ridículo e provocador pronunciamento. 



ERROS E ACERTOS

O pobre e medroso o Procurador Geral da República, por sua vez, não conseguiu esconder a sua portentosa covardia. E os presidentes da Câmara e do Senado, que deveriam levar em legítima e importante conta o claríssimo RECADO QUE O POVO DEU NAS RUAS , resolveram dizer tudo que ninguém estava disposto a ouvir. Ou seja, tudo que o presidente Bolsonaro fez até hoje é RUIM PARA O BRASIL e tudo que os chefes dos demais PODERES fizeram foi simplesmente MARAVILHOSO. Bolsonaro, portanto, foi dono exclusivo dos ERROS enquanto a Câmara, o Senado e, principalmente, o STF, só cometeram ACERTOS. Pode?



RESISTIR, SEMPRE! DESISTIR, JAMAIS!

Por duas vezes ouvi a frase que Ulisses Guimarães pronunciou na data da promulgação da Constituição:  - A Constituição certamente não é perfeita. Ela própria o confessa, ao admitir a reforma. Quanto a ela, discordar, sim. Divergir, sim. Descumprir, jamais. Afrontá-la, nunca. - Pois, o que o Brasil está assistindo, infelizmente, é o mais puro DESRESPEITO À CONSTITUIÇÃO. Além de DESCUMPRI-LA , a nossa CARTA é constantemente AFRONTADA. E a culpa de tudo, segundo os REAIS DESCUMPRIDORES, é exatamente daquele que só EXIGE o seu CUMPRIMENTO. É dose!  Depois de tudo isso, o que nos resta é RESISTIR. - RESISTIR, SEMPRE! DESISTIR, JAMAIS!

3 comentários:

  1. GILBERTO SIMÕES PIRES; pelo que imagino, foi meu colega de turma no Grupo Escolar Silveira Martins....ainda o lebro declamando poesias à frente da turma....eu, lá no fundão; sempre fui muito moleque e briguento..... Qaunto ao Puggina, gosto muito daquilo que publica. a estar certo, um abraço; estamos na mesma trincheira....

    ResponderExcluir
  2. GILBERTO ! Os escolhidos para o S.T.F. foram peneirados por dois presidentes e uma presidenta, ao longos destes últimos vinte anos. Já pouco se poderia esperar das indicações. Submetidos ao diálogo superficial e, consequentemente, inseguro do Senado, onde um terço dos componentes daquela casa legislativa, são réus na Suprema Corte é de se imaginar que trataram mais do andamento e instrução processual das respectivas ações criminais, do que o exame do currículo dos candidatos. Os integrantes do S.T.F. são criaturas geradas por um Legislativo onde prevalece um comportamento comprometido com a imoralidade. O POVO TEM QUE SE MANTER DE PÉ E ALERTA EM DEFESA DE UM FUTURO COM DIGNIDADE. Carlos Edison Domingues

    ResponderExcluir