quinta-feira, 12 de julho de 2018

Nota oficial


Sergio Suslik Wais, após ser aprovado em todas as etapas do processo seletivo de candidatos do NOVO e em consonância com seus princípios éticos, morais e de transparência, sabidamente conhecidos, desiste da candidatura ao Senado. O empresário segurador tomou a decisão depois de uma série de acontecimentos, como a censura do diretório estadual da legenda aos princípios que seriam utilizados como balizadores da sua campanha e o fato de não ter acesso à lista de filiados do partido para escolha dos suplentes. Como pré-candidato, Wais defendia um movimento chamado de Intervenção Cívica, embasado em sua crença na Livre Iniciativa para TODOS, Liberdade com Responsabilidade, Direitos com Obrigações e Oportunidades Iguais para Todos. “Esse programa nada mais é do que a participação efetiva do cidadão nas questões políticas”, esclarece.
Além disso, o empresário critica a falta de transparência. A convenção do NOVO, marcada para o próximo dia 20, segundo o que lhe foi informado, acontecerá a portas fechadas com a participação somente de seis integrantes do diretório estadual.
Wais também solicitou sua desfiliação à sigla. “Minha bandeira não é vermelha e nem laranja. É verde e amarela e seu lábaro expressa sabiamente a sequência necessária para qualquer ação bem-sucedida: ORDEM E PROGRESSO”, conclui.

2 comentários:

  1. Lamento. Considerava, seriamente, essa opçao para o Senado e na condiçao de CaraNova. Provocando nova analise das alternativas possiveis ao Senado. Melhor Jair se acostumando. E definido Bibo Nunes para a Camara Federal.

    ResponderExcluir
  2. [13/7 11:58 AM] Ednilson Dos Passos: O Novo tem regras que devem ser seguidas por todos e nao se submete a interesses pessoais. Aqueles que não entendem isso, dificilmente, conseguem persistir no ideal. Defende o fim da velha politica e privilégios, inclusive de seus filiados.

    ResponderExcluir