domingo, 1 de dezembro de 2019

Artigo, Fábio Jacques, especial para este blog - Vamos pegar ele na curva.


Sei que gramaticalmente o título está incorreto, devia ser “pegá-lo”, mas achei mais sonoro como escrevi.
O PT vive num universo paralelo, assim como aqueles formados por antimatéria. No universo petista o que é positivo no nosso é negativo, o que é bom aqui é ruim lá e vice-versa. Todos os sinais são trocados.
Não há de se estranhar que, apesar da condenação de mais de 17 anos por corrupção e lavagem de dinheiro, a segunda no nosso universo, no deles ele continua candidamente inocente, a alma mais honesta que jamais existiu. Mais honesta que Jesus Cristo, que naquele universo talvez corresponda ao nosso satanás. Lá, Sérgio Moro, Gabriela Hardt e Deltan Dallagnol são criminosos. Lula e Dirceu são heróis.
É tudo invertido.
Naquele universo paralelo habitam também uma parcela da grande mídia, boa parte do parlamento, muitos empresários e a quase totalidade do STF. Para eles, o molusco é inocente.
Acontece que os dois universos coexistem e o que acontece em um às vezes é influenciado pelo que acontece no outro.
No universo paralelo, tenho grande impressão, o julgamento de Lula será anulado e remetido à primeira instância porque lá, as sentenças de primeira e segunda instância não foram válidas pelo fato de ele não ter falado sozinho no fim do processo, o que lá, apesar de todas as provas, é inadmissível. Assim o processo deverá voltar às declarações finais da primeira instância e nova sentença deverá ser exarada. Depois virão as apelações à segunda instância e um novo julgamento terá que ser feito pela oitava turma do TRF4.
Tudo isto demandará tempo e, portanto, ele permanecerá no limpo por mais um longo período.
Acontece que no nosso universo as coisas também andarão, e, apesar da ação de muitos habitantes do universo paralelo, o congresso acabará, mais hoje, mais amanhã, votando e aprovando a prisão após condenação em segunda instância.
E aí danou-se. Ganhou na reta, mas vai ser pego na curva.
Quando ele for novamente julgado no TRF4 a lei já terá mudado, pela enésima vez, e ele será condenado e jogado na masmorra do nosso universo.
Mas esta não é a única chance de pegar ele na curva.
Como sabemos, ele responde neste universo a mais oito processos. Como aqui ele é criminoso, certamente será condenado, se não em todos, pelo menos em alguns deles.
Acontece que até que estes processos sejam julgados, alguns habitantes do universo paralelo do STF já terão saído de cena sendo substituídos por outros atores oriundos do nosso universo, quem sabe, até mesmo tremendamente evangélicos, e a jurisprudência sobre a condenação em segunda instância terá sido novamente restabelecida, até mesmo por necessidade de se incluir o Brasil no rol dos países decentes e juridicamente seguros, como são praticamente todos os demais países do mundo. Pelo menos os deste universo.
E aí, sem apelação, o molusco será condenado e conduzido ao cárcere. Nada de sala vip. Calabouço, mesmo.
O Brasil desse nosso universo não pode mais continuar a conviver com aquele paralelo criminoso. O império da lei tem que, finalmente, tomar conta e o que é justo passar a ser considerado justo e o crime, crime, e como tal, punido.
Logicamente o investimento em novos presídios será muito grande porque a quantidade de novos inquilinos potenciais é simplesmente impressionante, mas será um custo aceito com grande alegria pela população de bem do nosso universo. Vai ter muita gente arrancada do universo paralelo e, finalmente julgada e aprisionada no nosso. Gente de todos os quilates, inclusive grandes empresários corruptores, corruptos em geral, muitos parlamentares e algumas estrelas do judiciário.
O “buraco de minhoca” que permite o intercâmbio entre os dois universos tem que ser selado impedindo que aqueles alienígenas continuem a perambular em nosso meio.
O universo paralelo continuará existindo, mas sua influência aqui será mínima. De longe ainda ouviremos os gritos de “é inocente” vindo de uma multidão tão expressiva como àquela que fez plantão junto ao TRF4 neste dia 27. Umas vinte pessoas.

Um comentário:

  1. A CONSTITUIÇÃO UNIVERSAL.

    O "IMPÉRIO DA LEI" É O QUE VIABILIZA A CIVILIZAÇÃO, FORA DELE VOLTAMOS A AUTOFAGIA,CANIBALISMO,INCOMPATIVEL COM A ATUAL EVOLUÇÃO HUMANA.

    SACARAM ISSO E APARECERAM AS "TABUAS DA LEI", E AS SOCIEDADES QUE MANTEM MAIOR RESPEITO A ELAS SÃO AS QUE ESTÃO MELHOR EM TODOS OS ÍNDICES DE DESENVOLVIMENTO, (MENOS CORRRUPÇÃO,SEGURANÇA,DESENVOLVIMENTO ECONOMICO)

    É A "CONSTITUIÇÃO UNIVERSAL",FUNCIONOU BEM ATÉ AGORA, PORQUE NÃO PRESTARMOS MAIS ATENÇÃO A ELA?

    ResponderExcluir