sexta-feira, 1 de fevereiro de 2019

Saiu o valor do CUB de janeiro, válido para o RS

O Sinduscon-RS  divulgou hoje (1º.2.2019) o CUB/m² - Custo Unitário Básico por metro quadrado de construção do mês de janeiro de 2019, com base na NBR 12.721/2006. Os insumos básicos da construção que mais subiram em janeiro último são: Locação de betoneira (1,33%), Registro de pressão cromado Ø 1/2" (1,08%), e Tinta látex PVA (1,06%). Já os insumos básico da construção que apresentaram as maiores reduções de preços no mesmo período são: Bacia sanitária branca com caixa acoplada (-2,75%), Bancada de pia de mármore branco 2,00 m x 0,60m (-1,96%), Cimento CP-32 II (-1,82%), Tijolo 9 cm x 19 cm x 19 cm (-1,67%) e Aço CA-50 Ø10 mm (-1,40%).

 CUB/RS do mês de JANEIRO/2019 - NBR 12.721- Versão 2006
PROJETOS
Padrão de acabamento
Código
Custo R$/m2
Variação %
Mensal
Anual
12 meses
RESIDENCIAIS






R - 1 (Residência Unifamiliar)
Baixo
R 1-B
1.443,38
-0,24
-0,24
3,58
Normal
R 1-N
1.820,31
-0,23
-0,23
4,07
Alto
R 1-A
2.285,43
-0,20
-0,20
4,63
PP (Prédio Popular)
Baixo
PP 4-B
1.319,87
-0,21
-0,21
4,62
Normal
PP 4-N
1.749,31
-0,27
-0,27
4,54
R - 8 (Residência Multifamiliar)
Baixo
R 8-B
1.255,63
-0,23
-0,23
4,69
Normal
R 8-N
1.511,57
-0,24
-0,24
4,90
Alto
R 8-A
1.853,08
-0,28
-0,28
4,58
R - 16 (Residência Multifamiliar)
Normal
R 16-N
1.468,90
-0,24
-0,24
4,82
Alto
R 16-A
1.904,55
-0,17
-0,17
5,48
PIS (Projeto de Interesse Social)

PIS
1.029,90
-0,18
-0,18
5,15
RPQ1 (Residência Popular)

RP1Q
1.512,14
-0,19
-0,19
4,13
COMERCIAIS






CAL- 8 (Comercial Andar Livres)
Normal
CAL 8-N
1.808,36
-0,20
-0,20
6,28
Alto
CAL 8-A
1.993,67
-0,21
-0,21
6,48
CSL- 8 (Comercial Salas e Lojas)
Normal
CSL 8-N
1.500,72
-0,26
-0,26
5,33
Alto
CSL 8-A
1.719,00
-0,34
-0,34
4,93
CSL- 16 (Comercial Salas e Lojas)
Normal
CSL 16-N
2.007,09
-0,24
-0,24
5,55
Alto
CSL 16-A
2.294,98
-0,32
-0,32
5,16
GI (Galpão Industrial)

GI
795,59
-0,29
-0,29
5,36
Fonte: DEE – Sinduscon/RS
Tendo em vista a publicação da NBR 12.721/2006, os Custos Unitários Básicos por m2 de construção passaram, a partir de fevereiro/2007, a ser calculados de acordo, com os novos projetos-padrão e, em conseqüência, de novos lotes de insumos. Essa atualização invalida, portanto, a comparação direta dos Custos Unitários obtidos a partir da NBR 12.721/2006 com aqueles obtidos com base na NBR vigente até janeiro/2007 (NBR12.721/1999).

“Na formação destes custos unitários básicos não foram considerados os seguintes itens, que devem ser levados em conta na determinação dos preços por metro quadrado de construção, de acordo com o estabelecido no projeto e especificações correspondentes a cada caso particular: fundações, submuramentos, paredes-diafragma, tirantes, rebaixamento de lençol freático; elevador(es); equipamentos e instalações, tais como: fogões, aquecedores, bombas de recalque, incineração, ar-condicionado, calefação, ventilação e exaustão, outros; playground (quando não classificado como área construída); obras e serviços complementares; urbanização, recreação (piscinas, campos de esporte), ajardinamento, instalação e regulamentação do condomínio; e outros serviços (que devem ser discriminados no Anexo A - quadro III); impostos, taxas e emolumentos cartoriais, projetos: projetos arquitetônicos, projeto estrutural, projeto de instalação, projetos especiais; remuneração do construtor; remuneração do incorporador."

 OBS.: MAIS INFORMAÇÕES SOBRE OS NOVOS VALORES DO CUB/RS ESTÃO DISPONÍVEIS NO SITE DO SINDUSCON-RS www.sinduscon-rs.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário