sexta-feira, 13 de outubro de 2017

Vendas do varejo cresceram 3,6% em agosto

Vendas do varejo cresceram 3,6% em agosto

As vendas reais do comércio varejista restrita recuaram 0,5% na passagem de julho para agosto, na série com ajuste sazonal, conforme divulgado na quarte-feira pelo IBGE. O resultado ficou abaixo da expectativa da mediana das projeções do mercado, que apontavam para alta de 0,1%. Apesar da queda na margem, as vendas cresceram 3,6% na comparação com o mesmo mês do ano anterior, mantendo a tendência de recuperação da demanda do setor. A receita nominal apresentou ligeiro recuo de 0,1% ante julho, ainda considerando a série com ajustes sazonais. Setorialmente, sete dos oito segmentos pesquisados registraram retração na margem, com destaque para as quedas de 6,7% das vendas de equipamentos e material para escritório, informática e comunicação e de 3,4% de tecidos, vestuário e calçados. Em contrapartida, as vendas de móveis e eletrodomésticos cresceram 1,7% no período. O volume de vendas do comércio varejista ampliado, que também considera os segmentos de veículos e materiais de construção, teve alta de 0,1% na margem. Para isso, as vendas de veículos e motos, partes e peças avançaram 2,8%, enquanto as vendas de materiais de construção cresceram 1,8%. Em relação ao mesmo mês do ano passado, as vendas do comércio ampliado avançaram 7,6%. Apesar da surpresa negativa, acreditamos que essa queda das vendas do varejo seja devolvida em setembro, com o consumo das famílias auxiliando a retomada da atividade econômica ao longo do ano.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário