quinta-feira, 16 de julho de 2020

Bolsonaro diz que hidroxicloroquina deu certo com ele e com muito mais gente

O presidente Jair Bolsonaro publicou vídeo na noite desta 4ª feira (15.jul.2020) no qual diz estar se recuperando bem da covid-19. Ele foi diagnosticado com a doença em 7 de julho e está se tratando no Palácio da Alvorada, residência oficial da Presidência da República.

De acordo com o mandatário, ele está fazendo tratamento com hidroxicloroquina, substância usada no combate à malária e ao lúpus cuja eficácia contra a covid-19 não é cientificamente comprovada.

“Fui medicado desde o inicio com a hidroxicloroquina. Uma recomendação médica para isso. Senti uma melhora no dia seguinte. Coincidência ou não, sabemos que não tem nenhuma comprovação cientifica, mas deu certo comigo. No mais, não existe nenhum medicamento hoje no mundo que tenha comprovação cientifica constatada. Então é uma situação de observação. Deu certo comigo, deu certo com muita gente“, afirmou o presidente.

Bolsonaro negou que esteja fazendo uma campanha pela substância. Nesta semana, o subprocurador do Ministério Público Lucas Rocha Furtado pediu que o TCU (Tribunal de Contas da União) obrigue o presidente a deixar de “propagandear o uso da cloroquina e da hidroxicloroquina no trato da covid-19″.

“Muitos médicos dizem que a hidroxicloroquina funciona. Não tô fazendo nenhuma campanha para o medicamento, afinal de contas, o custo é baratíssimo. Talvez por causa disso que tem muitas pessoas contra. E outras, parece, que é por questões ideológicas. Eu recomendo que você procure o seu médico e converse com ele. O meu, no caso, 1 médico militar, foi recomendado a hidroxicloroquina e funcionou. Espero que nos próximos dias eu faça 1 novo exame e, se Deus quiser, dê tudo certo para a gente voltar logo“, disse Bolsonaro.

“O futuro vai dizer se esse remédio é eficaz ou não. Pra mim foi. Credito a ele. E, se foi, muita gente encaminhou o contrário. Gente com responsabilidade. Ninguém nunca disse que não haveria mortes. Sabíamos da potencialidade do vírus. Mas apareceu a hidroxicloroquina, a ivermectina. Mas não tô aqui para orientar ninguém a tomar esse ou aquele medicamento. Procure o seu médico desde o início dos sintomas“, finalizou o mandatário.

Os testes com a cloroquina e a hidroxicloroquina foram suspensos pela OMS (Organização Mundial da Saúde). A entidade desaconselha o uso da droga no tratamento para a covid-19.

Nenhum comentário:

Postar um comentário